ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, QUARTA  17    CAMPO GRANDE 28º

Interior

Área seca do Rio Miranda vira desvio enquanto ponte que desabou não é refeita

Acesso era de madeira e desmoronou quando carreta carregada de soja passou por lá

Por Cassia Modena | 14/06/2024 10:02
Carreta e ponte de madeira que desabou em Águas de Miranda (Foto: Reprodução/Instagram/Prefeitura de Bonito)
Carreta e ponte de madeira que desabou em Águas de Miranda (Foto: Reprodução/Instagram/Prefeitura de Bonito)

Trecho seco da parte do Rio Miranda que atravessa o distrito Águas de Miranda, em Bonito, virou acesso temporário para ônibus escolares, carretas, outros veículos e bicicletas que precisam cruzá-lo.

É que a ponte de madeira que ficava próxima ao local, na Furna Dourada com a Cheyenne, desabou em 1º de junho, enquanto passava por lá uma carreta carregada com soja.

O secretário municipal de Obras de Bonito, Luiz Alberto Busanello, explica que essa alternativa será possível só no período de estiagem. A intenção é lançar licitação para contratar empresa que refaça a ponte antes do período chuvoso começar e fazer o rio encher.

Servidores do município estiveram no local para fazer as avaliações, mas o laudo ainda não está pronto, disse Busanello. "Estamos 'mexendo' para refazer, é processo burocrático. Precisamos do laudo, ver qual a situação, o que vai poder aproveitar", fala.

A ponte tinha de 35 a 40 metros de extensão, segundo o secretário. Ainda não há uma estimativa de custos sobre o conserto.

Peso - A estrutura foi projetada para suportar 15 toneladas. Questionado se planeja trocar a madeira pelo concreto para dar mais segurança aos motoristas e passageiros dos veículos pesados, o titular da secretaria Obras afirmou que o município precisa priorizar outras pontes.

"Temos outros locais com mais necessidade. Mas, sem dúvida, se conseguíssemos uma de concreto, seria melhor", finalizou, destacando que a escolha do material ainda não foi feita.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.



Nos siga no Google Notícias