A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

02/06/2016 15:11

Instituto Butantan não garante vacina e prefeito diz que saga continua

Léo Matos disse que procurou fabricante após negativa do Ministério da Saúde e da Secretaria de Saúde de MS em liberar novo lote de vacinas para Naviraí, onde cinco pessoas já morreram de gripe

Helio de Freitas, de Dourados
Léo Matos, prefeito de Naviraí (Foto: Divulgação)Léo Matos, prefeito de Naviraí (Foto: Divulgação)

A visita do prefeito de Naviraí Léo Matos (PSD) ao Instituto Butantan em São Paulo, nesta quinta-feira (2), ainda não resultou em resultado concreto. Ele foi à capital paulista para tentar comprar vacinas suficientes para imunizar todos os 51 mil moradores da cidade contra a gripe H1N1.

Cinco moradores de Naviraí morreram em maio em decorrência da doença e 40 casos foram confirmados dos 119 pacientes que apresentaram sintomas da gripe.

Através da assessoria de imprensa, Léo Matos informou que foi atendido pelo superintendente do Butantan Carlos Magalhães, que se comprometeu em “fazer um levantamento e ver a possibilidade de atender ao pedido”.

O prefeito quer comprar um lote emergencial de vacina e disse que só tomou a decisão de procurar o Instituto Butantan após negativas do Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual de Saúde de disponibilizarem mais doses para Naviraí. “Nossa saga atrás de vacina para nossa população continua”.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions