A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

13/07/2010 10:02

Jovem foi morto em briga de gangues que já dura 7 anos

Redação

Luciano Ferreira de Jesus, de 18 anos, conhecido como "Tchola" foi mais uma vítima de rixa entre gangues dos bairros Parque do Sol e Dom Antônio Barbosa, que já dura pelo menos 7 anos, segundo moradores.

Geracina Pereira da Silva, 48 anos, já perdeu três filhos nos confrontos: Laerte da Silva Valadares, 19 anos, Lenon Veríssimo Valadares, 17 anos e Lucas Valadares, 16 anos. O outro filho, Luan Veríssimo Valadares, 18 anos, está preso desde sábado, após ter participado de um roubo em uma chácara na região da Gameleira, junto com Luciano.

Segundo Geracina, o confronto de gangues teve início em 2003, quando um rapaz chamado Wellignton, conhecido como "Tom", foi assassinado. Ele era amigo de Laerte Valadares.

Desde então, os confrontos são constantes, sempre integrantes de uma gangue contra a outra, para vingar a morte dos colegas vitimados pela rixa.

Segundo os moradores, transitar de um bairro para o outro é um ato perigoso. Geracina afirma que Luciano era amigo dos filhos dela desde criança. "Era como se fosse um filho", diz. Ela conta, inclusive, que ontem à noite uma amiga ligou para Luciano e o chamou para ir à casa dela, para onde acredita que ele seguia quando foi morto. A intenção de Geracina era conversar com ele para saber notícias do filho, que está preso.

Fogos

Temer veta projeto sobre negociação coletiva no serviço público
O presidente Michel Temer vetou integralmente o Projeto de Lei nº 3.831/15, aprovado pelo Congresso Nacional, que estabelecia normas para a negociaçã...
UFMS divulga edital do vestibular para ingresso em cursos de graduação
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) divulgou, nesta segunda-feira (18), edital do processo seletivo do vestibular para ingresso em cu...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions