A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

30/08/2018 15:03

No fim do prazo, MS vacinou 70% do público-alvo contra pólio e sarampo

Estado é um dos 11 do país cuja cobertura está abaixo da média nacional; campanha nacional termina nesta sexta-feira

Humberto Marques
Em MS, vacinação atingiu em média 70% das crianças entre 1 e 5 anos. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)Em MS, vacinação atingiu em média 70% das crianças entre 1 e 5 anos. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Mato Grosso do Sul é um dos 12 Estados brasileiros que registram índices abaixo da média nacional de cobertura na Campanha de Vacinação contra a Poliomielite e Sarampo. Dados divulgados nesta quinta-feira (30) pelo Ministério da Saúde indicam que, até o momento, 72,9% das crianças com idade entre 1 ano e menores de 5 foram imunizadas –em Mato Grosso do Sul, o percentual é de 70%. A campanha termina nesta sexta-feira (31).

O Ministério da Saúde orientou Estados e municípios que registraram cobertura vacinal inferior a 95% abram os postos de saúde no sábado (1º), sendo que a mobilização no fim de semana caberá a cada prefeitura –assim, cabe às Secretarias Municipais de Saúde e órgãos com a mesma função deliberar que postos devem funcionar.

Em Mato Grosso do Sul faltam ser imunizadas cerca de 45 mil crianças na faixa obrigatória de vacinação, dentro do público-alvo da campanha, de 158.083. O Estado recebeu pouco mais de 400 mil doses de vacinas. Do total, foram aplicadas 112,1 mil contra a pólio, uma cobertura de 70,93%, e 111,8 mil contra o sarampo (70,76% de cobertura vacinal).

Nacionalmente, estima-se que mais de três milhões de crianças não foram imunizadas. Os menores índices de cobertura foram registrados no Rio de Janeiro –cerca de 54% do universo de crianças a serem vacinadas. Na sequência aparecem, nesta ordem, Distrito Federal, Roraima, Pará, Acre, Amazonas, Bahia, Piauí, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Mato Grosso.

O Amapá foi o único Estado a atingir a meta de vacinar 95% do público-alvo.

Até terça-feira (28) foram confirmados 1.553 casos de sarampo no Brasil, com 6.975 em investigação e sete mortes –há surtos no Amazonas (1.211 casos confirmados, 6.905 em apuração e três óbitos) e Roraima (300 confirmações, 70 sob investigação e quatro mortes, três delas em estrangeiros). Também foram registrados casos isolados e relativos à importação no Rio de Janeiro (18), Rio Grande do Sul (16), São Paulo, Rondônia, Pernambuco e Pará (dois cada).

Todas as crianças receberão uma dose da tríplice viral –exceto se já foram imunizadas nos últimos 30 dias. Quanto a polio, crianças que nunca foram imunizadas receberão a VIP (Vacina Inativada Poliomielite), enquanto as que já receberam alguma dose terão a gotinha (VOP, a Vacina Oral Poliomielite).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions