A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 16 de Outubro de 2018

17/09/2018 09:38

Sem atingir meta, Capital prorroga vacinação contra pólio e sarampo

Em MS, 6 cidades não atingiram o objetivo, mesmo assim Estado imunizou 97% do programado

Danielle Valentim
Na Capital, meta era proteger 47,5 mil crianças do grupo prioritário, no entanto, a campanha imunizou 86%, percentual correspondente a 40,7 mil. (Foto: Henrique Kawaminami)Na Capital, meta era proteger 47,5 mil crianças do grupo prioritário, no entanto, a campanha imunizou 86%, percentual correspondente a 40,7 mil. (Foto: Henrique Kawaminami)

A campanha de vacinação se encerrou no Mato Grosso do Sul e superou a meta estipulada pelo governo federal. No Estado, 153.557 crianças tomaram a gotinha ou foram vacinadas, um total de 97%. No entanto, em Campo Grande, a vacinação foi estendida até o próximo domingo (23), pois quase 7 mil ainda não foram protegidas. Além, disso, a Capital enfrenta 21 casos suspeitos da doença.

Conforme a assessoria de imprensa do governo do Estado, Jaraguari, Aquidauana, Itaporã, Terenos, Campo Grande e Brasilândia não atingiram a meta de imunização.

Em Campo Grande, a meta era proteger 47,5 mil crianças do grupo prioritário, no entanto, a campanha imunizou 86%, percentual correspondente a 40,7 mil. Os dados são SIPNI (Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações) que atualiza os dados de foram online.

Casos suspeitos – Além de não ter atingido a meta, a prorrogação leva em consideração os 21 casos suspeitos de Sarampo notificados em 2018, sendo que, atualmente, apenas um caso (criança de 3 anos) é investigado e os demais forma descartados.

O Balanço com o quantitativo de doses aplicadas será divulgado nos próximos dias, mas até a última sexta-feira (14) cerca de 6,6 mil crianças ainda precisavam ser levadas pelos pais ou responsáveis para receber as vacinas. A cobertura vacinal de sarampo e poliomielite estava em 85,55% e 86,06%, respectivamente.

As 68 salas de vacinação das unidades básicas de saúde (UBS/UBSF) funcionam de segunda a sexta-feira, das 7h15 às 11h e das 13h às 16h45. No sábado e domingo (22 e 23 de setembro), a Sesau vai disponibilizar quatro unidades para vacinar: Centros Regionais de Saúde (CRS) Nova Bahia, Tiradentes, Aero Rancho e Coophavila. Estes locais vão funcionar das 6h15 às 17h45, com intervalo para o almoço.

Importante - Mesmo que a criança já tenha recebido as doses das vacinas no passado, precisam tomar outra dose durante a Campanha para garantir a imunização contra as doenças. Os pais e responsáveis são atores sociais importantes no processo de manutenção da eliminação das doenças imunopreveníveis e por isso devem comparecer às UBS/UBSF com suas crianças, levando a caderneta de vacinação para avaliação e registro da vacina.

O Ministério da Saúde reforça que todos os pais e responsáveis têm a obrigação de atualizar as cadernetas de seus filhos, em especial das crianças menores de cinco anos que devem ser vacinadas, conforme esquema de vacinação de rotina. Em Campo Grande, a Campanha é somente para crianças. O público adulto neste momento não será vacinado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions