ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 24º

Economia

Empresa contratada por R$ 2,14 milhões irá atualizar programa de logística em MS

Contrato firmado em fevereiro foi ratificado com publicação hoje no Diário da União

Por Silvia Frias | 10/03/2021 07:41
Em Porto Murtinho, projeto de hidrovia foi um dos que avançaram em MS nos últimos anos (Foto/Divulgação)
Em Porto Murtinho, projeto de hidrovia foi um dos que avançaram em MS nos últimos anos (Foto/Divulgação)

Extrato publicado no Diário Oficial da União ratifica contratação de R$ 2,146 milhões de empresa responsável por atualizar programa de logística e definir prioridades estratégicas de desenvolvimento, como hidrovia, novos portos, malhas ferroviária e rodoviária em Mato Grosso do Sul.

O contrato foi firmado em fevereiro deste ano com a empresa EPL Empresa de Planejamento de Logística S.A) e ratificado hoje, com a publicação pela União.

O objetivo do contrato é realização de diagnóstico logístico para MS, pelo Observatório Nacional de Transporte e Logística, da Gerência de Inteligência e Negócios. O valor total é de R$ 2.146.875,79.

A partir de 2014, a EPL elaborou plano para todo o País, em função do Plano Nacional de Logística e Transporte. Em Mato Grosso do Sul, esse planejamento foi feito em 2015, embasando boa parte dos projetos de infraestrutura.

De lá para cá, segundo governo estadual, houve avanço na Rota Bioceânica e construção de terminais portuários e entrega da licitação da nova Malha Oeste e do projeto da Ferroeste.

“Tudo isso nos obrigou a fazer uma revisão do nosso PELT, por isso a contratação da EPL, que já trabalha conosco na avaliação de competitividade de produtos em relação à Rota Bioceânica”, disse, à época, o titular da Semagro ( (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), Jaime Verruck.

Conforme extrato publicado hoje, o trabalho será desenvolvido em prazo de 12 meses, na sede da EPL, em Brasília, a contar da assinatura da ordem de serviço, contando com diversas visitas técnicas a diversos municípios.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário