A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018

21/08/2017 13:21

INSS ainda não concedeu benefícios solicitados em maio no Estado

Foram mais de 8 mil pedidos feitos à Previdência, enquanto que em outros meses a média é de 2 mil

Gabriel Maymone
Movimento nas agências do INSS em maio foi quatro vezes maior do que a média dos outros meses (Foto: Arquivo)Movimento nas agências do INSS em maio foi quatro vezes maior do que a média dos outros meses (Foto: Arquivo)

Pessoas que solicitaram algum tipo de benefício ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) em Mato Grosso do Sul no mês de maio ainda não tiveram seus pedidos concedidos. Isso porque o número de pedidos feitos naquele mês foi quatro vezes superior à média mensal.

A assessoria de comunicação do INSS informou que, enquanto em média são 2 mil pedidos por mês, em maio foram mais de 8 mil. Para dar conta de atender às solicitações, foi criada uma força-tarefa com 20 servidores, inclusive de outros setores e até do interior, para analisar cada caso.

Os servidores estão dando prioridade a pedidos para auxílio maternidade e de pensão por morte. Os pedidos de auxílio-doença não fazem parte da força-tarefa, já que são feitos em outro tipo de sistema.

O aumento repentino na procura por algum tipo de benefício se deu por conta da aprovação da reforma trabalhista na Câmara Federal, no fim de abril. Depois disso, o projeto seguiu para o Senado, onde foi aprovado em julho, e foi sancionado na mesma semana pelo presidente Michel Temer.

Entre os benefícios concedidos pelo INSS estão: aposentadorias - por tempo de contribuição, por idade, por invalidez e especial, auxílio-acidente, pensão por morte e auxílio maternidade.

O INSS garante que os pedidos feitos nos meses de junho, julho e agosto estão sendo processados normalmente.

Aposentados recebem 1ª parcela do décimo terceiro a partir do dia 27
Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começam a receber, ainda este mês, a antecipação da primeira parcela do abon...
Aumento de benefícios a produtor rural pode ser vetado, diz secretário
O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, disse hoje (17) que o governo federal estuda vetar a ampliação de benefícios a produtores rurais ...
Dólar fecha a semana cotado a R$ 3,91, acumulando alta de 1,31%
A moeda norte-americana encerrou hoje novamente (17) em alta de 0,24%, cotada a R$ 3,9147 na venda, fechando uma série de três pregões consecutivos d...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions