A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 26 de Abril de 2018

24/02/2017 18:52

Para atrair consumidores, supermercados investem em promoção no Carnaval

Elci Holsback e Renata Volpe Haddad
Churrasco é opção para quem vai passar Carnaval na cidade (Foto: Renata Volpe Haddad)Churrasco é opção para quem vai passar Carnaval na cidade (Foto: Renata Volpe Haddad)

Estudo publicado pela Fecomércio (Federação do Comércio, de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso do Sul) divulgado na última semana apontou que 77% dos campo-grandenses vai passar o Carnaval na cidade. Para quem abriu mão de viajar e não é adepto à folia, uma das opções é o tradicional churrasco em família ou entre amigos.

Com foco nesse público, os supermercados da Capital investem em promoções dos principais itens do churrasco. Para quem optar pela carne de primeira, vai investir em média R$ 39,98 no Kg da picanha e R$ 23,89 no kg da linguiça. Para quem busca valores mais em conta, a média da Fraldinha está R$ 26,98 e a Ponta de Peito é encontrada por até R$ 13,99 em mercados da região central da cidade.

A mandioca, principal acompanhamento da carne assada na brasa sai em média por R$ 3,98 com casca e R$ 5,49 sem casca e congelada.

Entre as bebidas, a Coca Cola de 2 litros é encontrada por R$ 4,99. As cervejas variam entre R$ 1,79 a Skol - lata de 269 ml; R$ 2,79 a Brahma Extra long neck; R$ 1,49 a Antártica Sub Zero - 269 ml e R$ 1,59 a Skol de 300 ml.

Consumidor diz que valor da cerveja é similar nos supermercados (Foto: Renata Volpe Haddad)Consumidor diz que valor da cerveja é similar nos supermercados (Foto: Renata Volpe Haddad)

Entre os consumidores, a opção da reunião em casa está dentro do orçamento. O engenheiro agrônomo Sérgio Matos, 58 anos, aproveitou a tarde da sexta-feira para comprar os ingredientes do churrasco do final de semana e o preço da carne, segundo ele, está compensando.

"Nos últimos dias notei que o preço da carne reduziu um pouco em alguns lugares, inclusive o peixe, que nesse fim de semana vai ser um dos pratos principais. Compensa reunir a família, cada um leva uma coisa e assim fica mais fácil fazer uma comemoração", conta.

Já o universitário Otávio Dias, 26, disse que como o orçamento não colaborou para viajar, o jeito foi improvisar a diversão por aqui. Em pesquisa a pelo menos três supermercados da cidade, Dias percebeu que as lojas estão investindo em promoções para o período.

"Sobem o preço de um produto, abaixam de outro e assim acabamos comprando. A cerveja está com preço similar em quase todos os lugares que fui, mas em algum tem promoção melhor. Já a mandioca achei o preço caro em todos", relata.

Para quem deixou as compras para última hora, os supermercados e hipermercados abrem normalmente durante o Carnaval, inclusive os que possuem atendimento especial de 24 horas.

 

Colaborou Adriano Fernandes

Junta Comercial notifica 4,1 mil empresas que podem ser canceladas
A Junta Comercial notificou 4,1 mil empresas para comprovarem que ainda exercem atividades, sob o risco de perdem o registro. A relação, separada por...
Confiança do brasileiro é insuficiente para reativar consumo
O Inec (Índice Nacional de Expectativa do Consumidor) subiu para 102,2 pontos em abril e é 1,2% menor do que o registrado no mesmo mês do ano passao....


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions