A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Outubro de 2017

03/02/2016 10:30

Prazo para renegociar dívidas com a prefeitura encerra nesta sexta-feira

Liana Feitosa
Atendimento acontece na rua Arthur Jorge, 500, ao lado do Paço Municipal. (Foto: Arquivo Campo Grande News)Atendimento acontece na rua Arthur Jorge, 500, ao lado do Paço Municipal. (Foto: Arquivo Campo Grande News)

Contribuintes têm dois dias para aproveitar os descontos do PPI (Programa de Pagamento Incentivado), que permite renegociar diversos tipos de dívidas com o município. Até o momento, a prefeitura de Campo Grande já recolheu R$ 15 milhões como resultado de renegociação de dívidas de contribuintes com o município.

Por dia, cerca de 700 pessoas são atendidas por mais de 20 funcionários da prefeitura, das 8h às 16h, sem intervalo para o almoço. Igualmente na sexta (5), último dia do programa, senhas para atendimento serão distribuídas até às 16h.

Para o secretário municipal de Finanças e Receita, Disney Fernandes, o valor já é satisfatório e está dentro do esperado pela prefeitura. No início do programa, no começo de janeiro, Disney havia dito que a administração municipal esperava arrecadar R$ 20 milhões.

Meta - "Alcançamos nosso objetivo, chegamos a R$ 15 milhões arrecadados, mas esperamos que nesses dois últimos dias de prazo a gente alcance ainda mais. Esperamos movimentação maior até sexta (5)", compartilhou.

O secretário garante que não haverá prorrogação na data-limite para adesão ao programa e essa é a única oportunidade de renegociação aos contribuintes. "Não vai haver outro PPI esse ano em Campo Grande", afirmou.

A chefe da Divisão e Arrecadação da Prefeitura, Djanira Magalhães, explica que a oportunidade é voltada para quem precisa renegociar dívidas atrasada, ajuizadas ou não.

Benefícios - Para esses, é concedido descontos de até 100% nos juros de mora e multas para o pagamento à vista de qualquer imposto municipal. Entram no PPI parcelas vencidas de qualquer crédito tributário e não tributário. Dívidas de parcelamentos ou reparcelamento também poderão ser negociadas.

Pagando à vista, o contribuinte tem desconto de 100% dos juros de mora e dos juros de financiamento, além de anistia de 80% do valor consolidado da multa de mora, multa por infração e acessória.

Para pagamentos parcelados o abatimento é de 80% dos juros de mora e de 60% da multa imposta, se for parcelado em até 10 parcelas mensais e consecutivas.

Os contribuintes que regularizarem as dívidas com o IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) até a sexta já perderam o prazo para pagar o imposto com 20% de desconto. No entanto, ainda podem garantir 10% de abatimento caso paguem a tarifa até o dia 12 deste mês. Mas, para isso, o contribuinte não pode ter débito atrasado, dívida ativa ou ajuizada.

Atendimento - É realizado na Central de Atendimento, na rua Arthur Jorge, 500, ao lado do Paço Municipal.

Agências do BB abrirão uma hora mais cedo para saques do Pasep
As pessoas com mais de 70 anos beneficiadas com o saque das cotas do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) poderão ir mais c...
Águas Guariroba consta pela 2ª vez entre 150 melhores para se trabalhar no País
Pela segunda vez, a concessionária Águas Guariroba, responsável pelo saneamento básico em Campo Grande, está relacionada entre as 150 melhores  empre...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions