ACOMPANHE-NOS    
MAIO, DOMINGO  22    CAMPO GRANDE 25º

Esportes

Calor em MS é o maior do País e foi motivo de demissão de técnico argentino

Por Helton Verão | 05/12/2013 17:54
Gambini ficou no cargo menos de um mês e sequer estreou como técnico do Itaporã
Gambini ficou no cargo menos de um mês e sequer estreou como técnico do Itaporã

O agora ex-técnico do Itaporã, o argentino, Mário Gambini, pediu demissão por não ter se adaptado ao calor sul-mato-grossense. Esse foi o argumento usado pelo treinador para pedir seu desligamento do clube. E o calor, que espantou o argentino, tem atormentado o sul-mato-grossense. Segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), Porto Murtinho registrou o maior temperatura do País nesta quinta-feira ao registrar 39º C.

Gambini havia acertado com o rubro-negro há pouco menos de um mês, mas no início desta semana pediu para sair. O motivo da saída não havia sido revelado pela diretoria do Itaporã. Natural de Mar Del plata, na Argentina, Mário explicou que está acostumado com o frio durante todo ano e que o calor não lhe deu condições de trabalho.

Para seu lugar foi contratado um velho da torcida, Pedro Caçapa.

MS Recorde - Nos últimos dias Mato Grosso do Sul vem sofrendo com o forte calor, que tem castigado a população. Prova disso, são os dados do Inmet, que colocou três municípios do Estado como os mais quentes do dia de hoje (5). Porto Murtinho registrou 39° C e ficou em em 1º lugar. Em terceiro e em quinto, outras duas cidades, Três Lagoas (38,2º C) e Aquidauana (37,8º C).

Outra baixa para o clube, foi a desistência de um patrocinador que prometia bancar os gastos de toda delegação. Com isso, até o momento, nenhum jogador foi contratado.

Apesar disso, o clube garante participação no Campeonato Sul-Mato-Grossense e na Seletiva para a Copa Verde, no segundo semestre.

O Estadual começa no dia 18 de janeiro, com dois grupos, sete times de cada lado e se enfrentam em turno e returno. Após esses 12 jogos cada, os quatro melhores de cada chave se classificam para os "mata-matas" das quartas, semi e final. Os dois piores da fase de grupos serão rebaixados para a Série B.

Os grupos seguem como em 2013. Em um estão Cene, Comercial, Novoperário, Aquidauanense, Misto, Maracaju e Costa Rica, de volta à Série A. No outro se enfrentam Águia Negra, Ivinhema, Itaporã, Naviraiense, Sete de Dourados, Urso e o caçula Ubiratan.

O Itaporã tem estreia marcada para o dia 26 de janeiro, às 16 horas, contra o Urso, no estádio Chavinha.

Nos siga no Google Notícias