07/01/2019 11:15

Bêbado, motorista de 65 anos atropela pedestre na Vila Palmira e vai preso

Crime aconteceu na noite de ontem (6), na Rua Ministro José Linhares, na Vila Palmira, em Campo Grande

Viviane Oliveira

O motorista José Carlos da Rosa, 65 anos, foi preso por dirigir sob efeito de álcool após atropelar mulher de 28 anos. O crime aconteceu na noite de ontem (6), na Rua Ministro José Linhares, na Vila Palmira, em Campo Grande. Carlos passará amanhã (8) por audiência de custódia na Justiça, para definir se ficará preso ou se poderá responder ao processo em liberdade.

Conforme boletim de ocorrência, por volta das 22h30, a mulher seguia a pé junto com o marido de 33 anos anos e o filho de 1 ano, quando foi atingida por um carro Fiat Palio cinza conduzido por José Carlos. A criança e o pai não sofreram ferimentos. Já a mulher foi socorrida com suspeita de fratura e levada pelo Corpo de Bombeiros à Santa Casa.

Questionado, o motorista confessou que havia bebido uma cerveja às 11h e não quis fazer o teste do bafômetro. Mesmo assim, José Carlos foi preso em flagrante e na delegacia autuado por dirigir sob efeito de álcool e por lesão corporal.

Crime - Dirigir sob influência de álcool é infração gravíssima, segundo o CTB (Código de Trânsito Brasileiro). Além de pagar multa no valor de R$ 2.934,70, o condutor perde o direito de dirigir por 12 meses. Em caso de reincidência, o valor dobra para R$ 5.869,40. Além da esfera administrativa, o flagrante pode resultar em prisão se a medição do etilômetro indicar mais de 0,34 miligramas de álcool por litro de sangue.

imagem transparente