27/08/2019 11:38

Novo Emei amplia capacidade e faixa etária de crianças atendidas

Escola de Educação Infantil irá atender 215 crianças de 4 meses a 5 anos; obra foi retomada ao custo de R$ 2,8 milhões

Silvia Frias e Fernanda Palheta
Emei foi entregue hoje no bairro Nascente do Segredo (Foto: Fernanda Palheta)Emei foi entregue hoje no bairro Nascente do Segredo (Foto: Fernanda Palheta)

A nova Emei (Escola Municipal de Educação Infantil), no bairro Nascente do Segredo, ampliou o número de crianças atendidas e a faixa etária. A instituição, denominada Profª Elenir Zanqueta Molina, foi entregue hoje, orçada em R$ 2,8 milhões.

A antiga escola funcionava em prédio a distância de um quarteirão e atendia 83 crianças de 2 a 5 anos. Agora, segundo a nova diretora, Juliana Ferreira de Souza, o novo imóvel, localizado na Rua Edson Lima, irá atender 215 crianças, com faixa etária a partir dos 4 meses de idade até os 5 anos.

O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), disse que a unidade já estava parada há sete anos. “A gente deveria estar comemorando o sétimo ano de funcionamento e não a inauguração”.

Quando assumiu a prefeitura, em 2017, Marquinhos disse que foram encontradas 16 unidades de ensino paradas desde 2010, retomadas gradativamente. Somente este ano, segundo ele, foram entregues oito Emeis e, até do ano, mais duas serão finalizadas e inauguradas.

O secretário Municipal de Infrestrutura e Serviços Públicos, Rudi Fiorese, disse que foram gastos R$ 2,8 milhões. “A obra estava no esqueleto”, explicou.

O nome da escola é homenagem à professora Elenir Zanqueta Molina, que morreu em 2013.

imagem transparente