13/10/2018 08:08

Trama de vingança tem perseguição policial, presos e bangue-bangue

Caso começou no Jardim Noroeste e acabou no Maria Aparecida Pedrossian

Aline dos Santos
Armas apreendidas após perseguição policial. (Foto: Divulgação)Armas apreendidas após perseguição policial. (Foto: Divulgação)

Uma trama de vingança resultou em perseguição policial e tiros no bairro Maria Aparecida Pedrossian, na saída para Três Lagoas, onde moradores relatam um cenário de filme de bangue-bangue por volta das 23h de sábado.

O caso começou no Jardim Noroeste, com a prisão de Paulo Bial Torres. Conforme apurado pela reportagem, ele cumpre pena por homicídio e teve direito a saída temporária pelo Dia das Crianças, comemorado ontem (dia12).

Conhecido como Paulo Metralha, ele foi abordado pela força tática da 11ª CIPM (Companhia Independente da Policia Militar) e acabou preso com uma pistola e porque a sua motocicleta tinha o motor furtado.

Contudo, pouco depois, apareceu no bairro um Celta com cinco homens. O grupo pretendia matar Paulo para vingar um parente morto. Durante a perseguição policial, eles atiraram contra a equipe da PM e pularam do carro em movimento. Os tiros assustaram os moradores, com relato de ao menos seis disparos. 

A perseguição, que incluiu equipes do 9º Batalhão da PM (Polícia Militar) e diversas viaturas, terminou com o condutor do Celta preso quando um pneu estourou. Foragido, Lúcio Rodrigues Ramos estava com duas armas de fogo.

imagem transparente