21/11/2018 21:57

Após assalto com reféns, quarteto é preso em "boca de fumo"

Adriano Fernandes
Suspeitos no endereço que era usado como ponto de venda de drogas. (Foto: JNE) Suspeitos no endereço que era usado como ponto de venda de drogas. (Foto: JNE)

Um casal foi preso pela Polícia Civil após ter rendido moradores de uma residência, com violência e sob ameaças, durante um assalto em Dois Irmãos do Buriti, cidade que fica a 83 quilômetros de Campo Grande. Na ação, ao menos um dos suspeitos estava armado e uma adolescente também foi agredida. 

A Polícia Civil foi acionada após o crime e pelas próprias vítimas. Durante o trabalho de investigação os policiais constataram que os criminosos, eram velhos conhecidos dos investigadores e já estavam sendo monitorados por traficar drogas na cidade.

Eles foram encontrados numa residência, usada como ponto de distribuição de drogas, conhecida como a “Boca do Adriano”. Foram presos em flagrante, Mayra Christina Martins dos Santos, Adriano Alves Lima e o filho do casal, que não participou do assalto, mas ajudava a vender os entorpecentes. Um quarto suspeito, Rômulo da Silva Gomes, que estava no local conseguiu fugir, mas foi recapturado pelos policiais.

Rômulo tinha um mandado de prisão em aberto, já que estava foragido do sistema semiaberto. Ele também utilizava tornozeleira, mas conseguiu se livrar do equipamento. No endereço, além da arma usada no assalto foram apreendidos objetos roubados e petrecho usados no processamento da droga.

“Também encontramos enterrado no fundo do quintal, uma quantia significativa de pasta base, umas já embaladas para venda, em porções individuais e outra porção maior”, contou a delegada titular do município Nely Macedo, ao JNE.

O casal foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e associação criminosa, o filho irá responder pelo tráfico e Rômulo irá voltar para o presídio.

imagem transparente