22/05/2013 21:51

PM abre inquérito e afasta policial que matou adolescente em fuga

Nyelder Rodrigues

Após a morte de um adolescente em bloqueio policial em Ponta Porã, a Polícia Militar se manifestou e afirmou que vai instaurar inquérito para apurar o caso.

O policial foi afastado das atividades de rua, como abordagens e diligências, até que passe por avaliação psicológica. O inquérito militar deve durar 30 dias.

O jovem de 17 anos foi atingido por um tiro, disparado por um soldado que participava do bloqueio, na noite de terça-feira (21), na rua Pedro Ângelo da Rosa.

Segundo a nota, uma guarnição do 4º Batalhão fazia a operação por volta das 23h45, quando deram ordem de parada a quatro jovens em duas motos. Dois deles se recusaram, e o que estava na garupa desceu e tentou fugir.

O condutor continuou na moto e teria arrancado para cima do soldado, que teve que pular para não ser atropelado, e logo em seguida atirou contra a moto, acertando o adolescente. A equipe saiu em diligências para encontrar o jovem que tentou atropelar o policial.

Próximo dali, eles localizaram o rapaz caído ao lado da moto, ferido. A própria polícia o levou para o hospital, onde não resistiu aos ferimentos e morreu. De acordo com a nota, o soldado se apresentou espontaneamente na delegacia, onde entregou a arma usada.

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente