02/03/2019 08:38

Depois de muito papo à distância, músico de MS lança bolero com Ney Matogrosso

Videoclipe também será divulgado com imagens da gravação no Rio de Janeiro

Wendy Tonhati
Ney Matogrosso faz participação na música de Béget de Lucena (Foto: Divulgação/Begèt de Lucena)Ney Matogrosso faz participação na música de Béget de Lucena (Foto: Divulgação/Begèt de Lucena)

Há três anos, o cantor e compositor Begèt De Lucena começou, sem grandes pretensões, uma conversa por rede social com o cantor Ney Matogrosso. A vontade de produzir algo ao lado dele vingou e da parceria nasceu um bolero abrasileirado. Agora, ele lança a música “Bolero de Criolo”, gravada a participação de Ney, no Rio de Janeiro.

Begèt é pernambucano da cidade de Exu, terra de Luiz Gonzaga, porém, cresceu em Campo Grande. Ney Matogrosso é de Bela Vista, no sul do Estado. Bolero de Criolo foi composta por Begèt que convidou Ney para participar da gravação da música. 

Sobre a aproximação com Ney Matogrosso, Begèt diz que começou pelo Instagram, há mais de 3 anos. Ele mandou uma mensagem de fã para o cantor e recebeu a reposta um tempo depois. Os dois interagiam, mas, Begèt diz que ficava na dúvida se era Ney Matogrosso que realmente respondia as mensagens.

Pelas mensagens, Begèt contou que era artista e disse que queria mostrar uma de suas composições para Ney Matogrosso. Ele então encaminhou a música Bolero de Criolo pela rede social, "mas o link não funcionou", lembra. Ney então passou o e-mail, recebeu a música e os dois continuaram a conversar. "Minha dúvida era se realmente era o Ney que respondia as mensagens", diz.

A desconfiança só acabou quando ele encontrou Ney pessoalmente, que veio fazer show em Mato Grosso do Sul, durante o festival de Bonito, e comentou sobre a as mensagens na rede social.

Os dois continuaram trocando emails, Begèt foi ao Rio de Janeiro, novamente encontrou o cantor e fez o convite para que ele participasse da música.

A gravação da música foi feita em pouco tempo. Ney enviou as datas que estava disponível e Begèt foi novamente para o Rio de Janeiro. A parte dos vocais de ambos os cantores foi feita em terras cariocas e a parte da música gravada em Campo Grande.

Música terá videoclipe também (Foto: divulgação)Música terá videoclipe também (Foto: divulgação)

“Eu achava a música muito a cara dele. Quando mandei para ele, escrevi: acho a sua cara. Mas, não tinha nem a ideia de que ele gravasse. Depois que eu fiz o convite e ele aceitou, no dia que ele estava gravando, depois que acabou a gravação, ele disse: eu também acho”, conta Begèt.

O artista explica que Bolero Criolo fala de amor e é um bolero abrasileirado. “Bolero de Criolo" eu compus durante um amor. Estava infeliz no amor e fala de alguém que está para morrer de amor e se prepara uma tragédia. Tem drama, mas, com o Ney teve uma outra cara, ele deu um certo humor à música. Disse que era um deboche, alguém que está para morrer de amor e sai sem olhar para trás”.

A música faz parte de próximo disco. Veja como ficou:

Curta o Lado B no Facebook e Instagram

imagem transparente