A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


16/07/2013 06:00

CPI não deve dar "refresco" a Bernal no recesso

.

Sem recesso – O vereador Chiquinho Teles (PSD) está preocupado com a “falta de férias”. Tudo porque a CPI do Calote vai estender os trabalhos durante o recesso. Ou seja, os integrantes da comissão não vão ter direito a “sombra e água fresca” em julho.

Na pauleira – O trabalho da CPI do Calote não será, digamos, uma boa notícia para o prefeito Alcides Bernal (PP). Tudo porque o alcaide esperava um “refresco” neste mês para recuperar as energias e começar, o segundo semestre, com força total em agosto.

Sem prêmios – A CPI do Calote pode receber os 21 contribuintes que não receberam os prêmios do IPTU. O sorteio ocorreu em maio e até agora nem sinal de TV, ar-condicionado e carro. O presidente da comissão, Paulo Siufi, afirmou que o “sortudos” sem prêmios podem ser ouvidos pela CPI.

Na cola – O empresário Sizuo Uemura, de Dourados, continua na mira do Ministério Público Estadual (MPE). O promotor Gabriel da Costa Rodrigues Alves está investigando a regularidade ambiental do Cemitério Parque da Primavera, em Ponta Porã.

De Uno – O governador André Puccinelli (PMDB) continua visitando os bairros de Campo Grande para ouvir os moradores. Em batida recente no bairro Nashivelle, ele ouviu queixas da população sobre a falta de médicos nos postos de saúde.

Prioridade – O PT decidiu unir os grupos rivais, do ex-governador e atual vereador Zeca do PT e do senador Delcídio do Amaral, em torno do prefeito de Corumbá, Paulo Duarte. O esforço é por fim ao racha no partido por algo maior, a volta ao Governo em 2014 com a candidatura do senador petista.

Novo tempo – A união petista foi bastante comemorada pelo senador Delcídio do Amaral. No Facebook, ele postou que o partido caminha para a unidade, enquanto os opositores apostam em mais desgaste. E voltou a repetir um dos bordões favoritos, que Mato Grosso do Sul caminha para “viver um novo tempo”.

Estratégia – Com a decisão do PMDB de lançar chapa pura, com a indicação dos candidatos a governador e senador, e do PT em unir os grupos, as eleições de 2014 começam a ficar mais definidas no Estado. Mas, por enquanto, o único candidato definido é Delcídio. O PMDB ainda está entre os secretários estaduais Nelsinho Trad e Simone Tebet.

Vazio – A CPI da Saúde da Assembleia fez as oitivas dos ex-integrantes da junta interventora para um auditório praticamente vazio. Foram quatro horas de depoimento. Os deputados ignoraram a falta de plateia e mantiveram o cerco aos ex-interventores, incluindo o secretário interino de Saúde, Antônio Lastória.

Ativo – O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Seguridade Social de Mato Grosso do Sul, Ronaldo Costa, foi um dos 10 presentes. Além de palpitar e dar dicas para os deputados, ele enviava mensagens pelo celular com sugestão de questionamentos. Um dos deputados a acatar as sugestões foi Lauro Davi (PSB).

Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...
2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...
MS também tem "bunker" cheio de dinheiro
Versão tupiniquim - O “bunker”de Geddel Vieira, que escondeu R$ 51 milhões de propina, tem versão pantaneira. Paredes de apartamento de um político e...


Os vereadores deveriam legislar, e verificar se o prefeito executa as obras. Se há ou não irregularidades, deveria ser investigado pelo MPE e pela policia civil. Quem vai garantir que algum "acerto" não vai fazer parar essa CPI? Todos sabemos que o caráter de nossos políticos depende do que se dá em troca. Então pra que toda essa encenação? Por que acham que o antigo prefeito fez muita coisa irregular e, ninguém entrou com uma CPI? PURA HIPOCRISIA. Vamos comer pizzas, querem apostar?
 
Kamél El Kadri em 16/07/2013 20:25:21
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions