A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 25 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


03/09/2015 06:00

Evangélico alerta Gaeco para fotos íntimas no celular

Edivaldo Bitencourt

Imagens – O ex-vereador Alceu Bueno, sem partido, entregou o telefone celular para o Gaeco com uma observação inusitada. Investigado na Operação Coffee Break, ele fez questão de alertar os investigadores de que há imagens íntimas no aparelho.

Antecedentes – Evangélico, Bueno já foi denunciado à Justiça pelo envolvimento sexual com adolescentes. Ele é réu por exploração sexual de duas meninas de 16 anos. Agora, fica a dúvida, que imagens “íntimas” estão armazenadas no celular do ex-vereador?

Estratégia – O prefeito afastado, Gilmar Olaerte (PP), aposta na desqualificação das escutas telefônicas para anular as provas na ação penal no Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul. Ele é réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Esperança – Os aliados de Olarte também não perderam a esperança de voltar ao comando da Prefeitura Municipal de Campo Grande. A principal aposta é na declaração de que o cargo de prefeito está vago, já que Alcides Bernal (PP) teria renunciado ao disputar o Senado no ano passado.

Defesa – Bernal aposta no aval da Justiça Eleitoral para participar do pleito para continuar no cargo. Como ele estava cassado, oficialmente não era prefeito e, portanto não poderia abrir mão do cargo. A decisão será da Câmara Municipal, que foi provocada pelo empresário Luiz Pedro Guimarães.

Estilo – Com a popularidade em alta, o prefeito não tem poupado momentos de curtir a nova fase. Ontem, ao ficar sabendo do protesto dos moradores da favela Cidade dos Anjos, interrompeu uma reunião e desceu para conversar com as famílias e prometeu solucionar o problema.

Tensão – O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, passou por saia justa na reunião com os produtores rurais. O ponto mais tenso foi um bate boca com a presidente do Sindicato Rural de Antônio João, Roseli Ruiz. Ela o desafiou e Cardozo não se intimidou e disse que qualquer incitação a violência será investigada pela Polícia Federal.

Irada – A deputada estadual Mara Caseiro (PTdoB) ficou indignada com os índios. Mas, a autora da proposta para criar a CPI do CIMI, não reagiu à postagem feita pelos índios no Facebook, em que a acusam de discriminar os indígenas.

Distante – A solução para os conflitos indígenas ainda está longe do fim em Mato Grosso do Sul. O problema não está restrito apenas a Antônio João. Existem 95 fazendas ocupadas pelos índios. Há pontos de tensão em Aquidauana, Sidrolândia, Dourados, Caarapó, Paranhos, Coronel Sapucaia, entre outros municípios.

(colaboraram Caroline Maldonado, Paulo Yafusso e Antonio Marques)

Empréstimo do BNDES não empolga Reinaldo
Queremos mais - O dinheiro que o BNDES está oferecendo em linha de crédito específica para a segurança é “bem vindo”, mas a ação do governo federal é...
Gaeco tem suspeita de vazamento
Desconfiança – O Gaeco (Grupo de Atuação de Combate ao Crime Organizado), responsável pela investigação que aponta envolvimento de policiais militare...
DEM e a disputa entre André e Reinaldo
Já escolhi - Sobre a declaração de Puccinelli que estaria "namorando" o DEM, o deputado Zé Teixeira fez brincadeira para dizer de qual lado da disput...
Maioria prefere Lava Jato à Copa do Mundo
Copa? – Pesquisa do Instituto Paraná mostra que, a menos de um mês do Mundial da Rússia, o brasileiro não está muito motivado com o assunto. A consul...


Cardozo "não se intimidou", claro, haviam 8 produtores para 40 assessores. O campo era todo dele, o palco também.
 
monica em 03/09/2015 16:21:33
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions