A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Outubro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


10/08/2015 06:00

Incoerência em dia de manifestação do PT contra o PT

Ângela Kempfer
Reinaldo postou foto dos pais no domingo, no Facebook.Reinaldo postou foto dos pais no domingo, no Facebook.

Dia dos Pais - Ontem, dentre milhares de lembranças no Facebook, até o governador Reinaldo Azambuja resolveu fazer homenagem publicamente ao pai Roberto de Oliveira Silva. Em imagem segurando uma fotografia dos pais, o governador postou: “Desejo que todos os filhos possam ter seus pais como inspiração e referência para a vida assim como o meu é até hoje para mim.”

Incoerência – O vereador Marcos Alex entrou na Justiça contra o Município de Campo Grande, tentando derrubar Decreto Municipal que estabeleceu ponto facultativo hoje, em razão do lançamento da campanha de Conscientização da População acerca da crise. A incoerência é que os seus colegas de partido tomaram a mesma atitude em diversos municípios do Estado.

Tiro no pé - Os prefeitos petistas de Ladário, Rio Verde, Caracol e Jardim decidiram decretar ponto facultativo hoje. Vão fechar secretárias nesta segunda-feira, mesmo que o protesto seja contra o governo do PT. Em Corumbá, Paulo Duarte também aderiu à campanha, apesar de não paralisar as atividades na prefeitura.

Presença - O governador Reinaldo Azambuja irá entregar casas no início da manhã desta segunda-feira, mas já avisou que não deixará de participar da campanha dos prefeitos na Assomasul, a partir das 11 horas.

Por verbas - Ele já declarou, em diversas ocasiões, que o governo federal precisa enviar recursos para o término de obras no Estado, que já haviam sido contratadas e que dependem desse dinheiro para serem concluídas.

Artilharia - E antes mesmo de começar a mobilização para ataque ao governo federal, já tem político pegando pesado contra a presidente. O deputado federal Geraldo Resende (PMDB) disse que Dilma está “moribunda, em processo desmilinguido e esfacelado com a base de apoio”

ICMS - Hoje, os deputados realizam audiência pública, a partir das 13h30, para discutir reforma do ICMS, que segundo os parlamentares pode gerar prejuízos a Mato Grosso do Sul. Senadores e bancada federal foram convidados e os parlamentares vão aproveitar o evento na Assomasul para também convocar os prefeitos.

Na oposição - Na volta do recesso parlamentar, dentre as “pautas-bombas” na Câmara Federal um dos projetos é do deputado Carlos Marun (PMDB). A proposta é aumentar a remuneração dos trabalhadores, com a distribuição do FGTS. O “lucro” das operações realizadas com o Fundo seria dividido entre a União e os cotistas. O pacote é conhecido assim por elevar o gasto público e aprofundar a crise econômica.

Segunda votação - A Associação dos Procuradores de Mato Grosso do Sul comemorou a aprovação pelo plenário da Câmara Federal da PEC que fixa parâmetros remuneratórios para a Advocacia-Geral da União, Procuradorias, defensores públicos, delegados das Polícias Federal e Civil, mas amanhã haverá a votação dos destaques encaminhados por diferentes bancadas buscando a inclusão de outras carreiras e o assunto pode ganhar outro rumo.

Lama - Na próxima sessão na Assembleia, amanhã, os deputados devem indicar os nomes que farão parte da comissão especial para acompanhar investigação da Lama Asfáltica. A princípio, o grupo terá 5 integrantes: um do PMDB, um representante do PSDB, outro do PT e dois do bloco partidário que possui 10 parlamentares.

 

Adeus a "Playboy" tem foto de bebida na mesa de bar
Despedida – Tem gosto amargo e dolorido, principalmente para as pessoas próximas, a última foto postada nas redes sociais por Marcel Colombo, conheci...
Campanha, tiro na escola e oportunismo
“Guerra virtual” – Não podia ser diferente. O episódio lamentável em que uma criança de 9 anos entrou armada na sala de aula em Campo Grande e atirou...
Justiça agora pode até cobrar Delcídio
Ainda à espera - A Justiça Eleitoral rejeitou o registro de candidatura de Delcídio Amaral (PTC) ao Senado, depois da derrota nas uras. A juíza Eliza...
Clima de campanha não poupa nem festões
Todo lugar - O clima de campanha, neste segundo turno polarizado, não deixa escapar nem os casamentos. Durante festa no sábado no bufê Murano, na Ave...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions