A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


01/02/2013 06:00

Um mês de Bernal

Fabiano Arruda
Outdor está nas ruas desde o fim do ano passado. (Foto: João Garrigó)Outdor está nas ruas desde o fim do ano passado. (Foto: João Garrigó)

Alcides Bernal completa um mês hoje na administração em Campo Grande, já com várias polêmicas a administrar: está em pé de guerra com os vereadores, manteve no cargo um secretário denunciado pelo MPF (Ministério Público Federal) em um processo que envolve cobrança de propina por servidores federais, não nomeou até hoje um chefe para o setor jurídico, e entre o sindicato dos servidores acusa seu governo de promover assédio moral entre o funcionalismo. 

Enquanto isso
Continuam nas ruas os paineis de publicidade em que o então prefeito eleito desejava boas festas aos moradores de Campo Grande. Na avenida da Capital, por exemplo, o outdor está em um terreno tomado pelo mato, que cresce a olhos vistos.

Colorado
Em férias no Rio Grande do Sul, o secretário estadual de Habitação, Carlos Marun, teve uma tarefa difícil esta semana, acompanhar as famílias de Mato Grosso do Sul que perderam jovens na tragédia de Santa Maria. Cumprida a missão, Marun foi prestigiar seu time de coração, o Internacional.

Estreia de Dunga
O repórter Douglas Torraca registrou a presença de Marun no estádio Vieirão, em Gravataí, palco da estreia do técnico Dunga à frente do Colorado, na quarta-feira. Ele chegou ao local dez minutos antes da partida, mas esqueceu a carteirinha de sócio do clube em Campo Grande.

Prejuízo
O esquecimento causou prejuízo. Marun teve de encarar fila na porta do estádio debaixo de calor que atingia 33 graus. A não ser pelo fato de prestigiar o Inter no Rio Grande do Sul, o esforço pode não ter valido tanto a pena. O Colorado apenas empatou em 0 a 0 com o time do Novo Hamburgo.

Polêmica
A ida de Marun ao estádio chegou a causar polêmica na rede social Facebook. Internautas questionaram a viagem do secretário ao RS e se era oficial, criticando o fato dele ter ido assistir o jogo. O fato é que Marun estava de férias quando o incêndio aconteceu em Santa Maria e foi destacado pela governadora em exercício, Simone Tebet, para ir até a cidade. Três sul-mato-grossenses morreram na tragédia.

Esperança
O presidente da Câmara Municipal, vereador Mario Cesar (PMDB), voltou a falar sobre a relação do Legislativo com o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal. Em meio a críticas ao progressista, ele disse esperar que o diálogo entre os Poderes melhore a partir do mês que vem, quando se iniciam as atividades na Casa.

É para ajudar
O peemedebista garantiu que a única intenção dos parlamentares é auxiliar a gestão de Bernal e trazer benefícios para Campo Grande. O discurso praticamente virou mantra, mas, na prática, a harmonia ainda parece estar longe com mais de 30 dias da nova gestão.

Xis
No quarto dia de agenda em Brasília (DF), ontem (30), o prefeito Alcides Bernal seguiu sua fase tiete. Depois de posar em fotos com ministros ao longo da semana, ontem foi a vez de registrar o encontro com a presidente Dilma Rousseff.

Prejuízo?
Mato Grosso do Sul perde lugar na Mesa Diretora do Senado a partir desta sexta. Waldemir Moka (PMDB), que ocupou a segunda vice-presidência, deixa o cargo com a nova eleição. A reeleição é proibida pelo regimento da Casa.

Em alta
O nome de Moka foi bastante especulado como opção dentro do PMDB na candidatura à presidência do Senado. Ele era apontado como alternativa em meio ao desgaste sobre Renan Calheiros, que deve voltar ao comando da Casa, mas é alvo de nova investigação no STF. O senador de MS, por outro lado, garantiu que nunca toparia a empreitada se não reunisse consenso porque não queria representar apenas uma ala do partido, muito menos rachar a bancada peemedebista.

A missão espinhosa de Marun
Casa cheia - No discurso em que saudou Carlos Marun como seu novo ministro da Secretaria de Governo, Michel Temer disse ter ficado preocupado com a p...
Só praças estão presos por cobrar propina
Só praças – A investigação sobre o envolvimento de policiais militares com a “Máfia do Cigarro” indica que, por ora, não há oficiais entre os policia...
Pezão pede dica a Reinaldo sobre dívida
Pedido de ajuda - Ao anunciar ontem o depósito do décimo-terceiro salário dos servidores, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) reforçou o discurso d...
Após "perder" cargo, deputado muda o tom
Mudou – Antes cotado para assumir uma secretaria do governo do Estado, o deputado Coronel David (PSC) está agindo ultimamente como oposição ao Govern...


Quantas críticas são atribuídas ao Bernal!Grandioso foi o Nelsinho...Também deixou tantas heranças!Dengue,enchentes,lixo,terrenos cheios de matos,ruas esburacadas,atendimento precário à saúde,muitas obras inacabadas,invasões,o problema dos catadores de recicláveis, que nunca foi resolvido,o futuro da câmara dos vereadores,maquinários e veículos da prefeitura sucateados.Um prefeito com tantos méritos jamais poderá ser esquecido.O povo precisa é de informação!Querem que em um mês o prefeito atual faça, o que o outro não fez em oito anos.Dá-me paciência...
 
Dilamar A.Lopes em 01/02/2013 22:25:45
Do Sr. Peralta se pode dizer uma unica coisa: perfeito prefeito arrogante demagogo.
 
felipe de souza em 01/02/2013 11:40:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions