A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

03/11/2015 20:13

Alcides Bernal empossa 3 para pastas voltadas a públicos específicos

Alan Diógenes
Cris Stefanny assumiu a coordenadoria de Assuntos LBGT (Foto: Fernando Antunes)Cris Stefanny assumiu a coordenadoria de Assuntos LBGT (Foto: Fernando Antunes)

O prefeito de Campo Grande Alcides Bernal (PP) empossou, na tarde desta terça-feira (3) três pessoas para ocuparem a coordenadoria de Políticas Públicas LGBT, coordenadoria de Assuntos Indígenas e supervisão DST/Aids. O evento foi realizado no gabinete da prefeitura, na Esplanada Ferroviária e ficou marcado por homenagens das classes em relação aos empossados.

Cris Stefanny, 35 anos, é a nova coordenadora de Políticas Públicas LGBT. Ela é a primeira travesti assumir um cargo no executivo municipal em toda a história política de Mato Grosso do Sul. Também foram empossados Adierson Venâncio da Mota para a coodenadoria de Assuntos Indígenas e Marco Aurélio de Almeida como supervisor DST/Aids.

Conforme Bernal, as posses serviram de uma grande oportunidade para que os empossados mostrarem o “pra quê vieram”. “Temos que obedecer os critérios de ordem política e técnica e as nomeções podem resolver as demandas do nosso município. São pessoas que tem conhecimento técnico e enganjamento com o assunto que irão tratar. Isto é de suma importância”, mencionou.

Cris Stefanny falou sobre as prioridades dentro da coordenadoria de Políticas Públicas LGBT. “Precisamos destravar algumas pautas, como por exemplo, a criação do Conselho Municipal LGBT, a questão do processo transexualizador e a capacitação para gestores das áreas de saúde, educação e segurança público para atender melhor o público LGBT”, comentou.

A travesti foi muito aplaudida assim que tomou posse nesta tarde. Integrantes do público LGBT levaram das cadeiras e em coro gritavam “Queremos nossos direitos”. “É muito bom saber que o prefeito está aberto para nossa temática. Na coodenadoria quero fazer um trabalho enxuto, mas eficaz. Não adianta desenhar o imaginável e depois não dar conta de fazer. Vou trabalhar com o pé no chão e com bastante coerência.

A vereadora Luiza Ribeiro (PPS), que sempre apoia ações do público LGBT, como a Parada da Diversidade Sexual, disse que o nome de Cris para assumir a coordenaria é formidável. “Ela tem bastante experiência em relação a movimento social, já contribuiu de forma nacional, mas agora está no comando de uma pasta de Campo Grande, uma conquista. O Executivo representa todos os cidadãos, e as nomeações mostram como a cidade é plural, diversa e mostram que tem gente boa em todas as esferas”, destacou.

Estiveram presentes no evento, secretarios de Bernal e os grupos de cada coordenaria, ou seja, indígenas e membros do público LGBT, como por exemplo, a Rede Apolo, entidade voltada aos Homens Gays e Bissexuais de Mato Grosso do Sul.

Marco Aurélio tomou posse como supervisor DST/Aids. (Foto: Fernando Antunes)Marco Aurélio tomou posse como supervisor DST/Aids. (Foto: Fernando Antunes)
Adierson Venâncio assumiu a coordenadoria de Assuntos Indígenas. (Foto: Fernando Antunes)Adierson Venâncio assumiu a coordenadoria de Assuntos Indígenas. (Foto: Fernando Antunes)
Associação de Moradores "ganha" R$ 37 mil de Bernal
A contemplada – A Associação dos Moradores das Moreninhas I e II não foi atingida pela crise que atinge a Prefeitura Municipal de Campo Grande. A ent...
Bernal eleva salários em até 42,9% e contrata 41 para substituir Itel
Em atos publicados em edição extra do Diário Oficial no último dia 27 de outubro, o prefeito Alcides Bernal, aumentou gratificações, elevou a letra d...



O Olarte deve ta mais doido ainda.
 
anderson em 03/11/2015 22:33:34
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions