ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, SEXTA  03    CAMPO GRANDE 29º

Política

Em evento do PSD, Kassab lança Marquinhos Trad como candidato ao governo de MS

Declaração de Gilberto Kassab foi feita em encontro do partido no Rio de Janeiro

Por Silvia Frias | 24/10/2021 13:44


O presidente nacional do PSD (Partido Social Democrático), Gilberto Kassab, anunciou o nome do prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, como candidato ao governo do Estado por Mato Grosso do Sul,  nas eleições de 2022.  A declaração ocorreu ontem, no encontro regional do partido, no Rio de Janeiro.

“Marquinhos Trad é um dos prefeitos mais bem avaliados no País e será nosso candidato a governador de Mato Grosso do Sul”, disse Kassab, durante discurso, dirigindo-se aos colegas do Estado presentes no encontro: o presidente estadual do partido, senador Nelsinho Trad e o presidente do PSD municipal, Antônio Cézar Lacerda Alves e o vice, Robson Gatti.

Segundo Kassab, Marquinhos está preparado para novo desafio. (Foto: Marcos Maluf)
Segundo Kassab, Marquinhos está preparado para novo desafio. (Foto: Marcos Maluf)

Ainda no encontro, realizado no Rio de Janeiro, Kassab afirmou que o próximo passo do PSD para entrar com força nas eleições de 2022, é realizar eventos nos estados e capitais administrados pelo partido no País. A lista inclui Mato Grosso do Sul, além de Minas Gerais e Paraná.

PSD - A legenda tem 35 deputados federais e a segunda maior bancada de senadores do País, com 12 representantes. Em MS, o partido tem um senador, um deputado federal e o prefeito da Capital.

De acordo com informações divulgadas por meio da assessoria, Kassab avalia que Marquinhos está preparado. “Ele tem uma capacidade de agregar, chegou a hora de ampliar este trabalho”.

Não é de hoje que o nome do prefeito tem sido cotado para a disputa e até ele já comentou a possibilidade, sem ser taxativo como pré-candidato. Nos bastidores, a dúvida anteriormente citada era com os recursos para campanha, necessidade de renúncia ao cargo e o trabalho duro para conquistar votos no interior do Estado.

A reportagem entrou em contato com Marquinhos Trad para falar sobre a declaração de Kassab e aguarda retorno.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário