A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

08/03/2016 11:40

Prefeito defende mudança de favela e promete mutirão para construir casas

Moradores começaram a se mudar do local na segunda-feira

Mayara Bueno e Antonio Marques
Prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal, em evento de lançamento de ações para as mulheres no Horto Florestal. (Foto: Antonio Marques)Prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal, em evento de lançamento de ações para as mulheres no Horto Florestal. (Foto: Antonio Marques)

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), defendeu a remoção das famílias da favela Cidade de Deus para o Bairro Vespasiano Martins e prometeu auxílio na construção de casas. Os moradores da comunidade, localizada na região do Dom Antônio Barbosa, começaram a ser transferidos na segunda-feira (7).

Nesta terça-feira (8), o prefeito disse que não poderia ser mantida a condição de moradia em que estava as famílias, por isso a remoção para o Vespasiano e outros bairros. Os moradores, no entanto, reclamam que o novo local não tem sequer estrutura para moradia.

“Com certeza foi a melhor solução, do jeito que estava não dava para continuar”, disse hoje. Ele prometeu ajuda da Prefeitura na construção de casas em locais regularizados, em um sistema de mutirão, mas não deu detalhes. “Essas famílias vão ser assentadas em um lugar regularizado e vamos ajudá-las a construir a suas casas com um sistema de mutirão”.

Aos moradores da comunidade, foi entregue um ‘kit barraco’, com lona e alguns cordões. Eles serão transferidos para os bairros Los Angeles e Dom Antônio, além do Dom Antônio. As 390 famílias transferidas terão de pagar pelos terrenos e a cobrança das parcelas terá início em janeiro de 2017. O valor dos lotes não foi divulgado pela Prefeitura, que afirmou realizar um estudo individual para estabelecer o preço – conforme o tamanho do terreno.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions