A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

23/05/2016 12:44

Controle de bebida alcoólica é saldo positivo da Expoagro, avalia sindicato

Fiscalização do Judiciário flagrou apenas dois menores bebendo nos dez dias da feira agropecuária de Dourados, encerrada ontem

Helio de Freitas, de Dourados
Após dez dias, Expoagro foi encerrada ontem (Foto: Divulgação)Após dez dias, Expoagro foi encerrada ontem (Foto: Divulgação)

Ao fazer balanço dos dez dias da 52ª Expoagro, o presidente do Sindicato Rural de Dourados, Lúcio Damália, citou dois pontos de sucesso da feira agropecuária encerrada ontem (22) na segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul: a delimitação da área de venda e consumo de bebidas alcoólicas e a assinatura de decretos pelo governador do Estado Reinaldo Azambuja reduzindo impostos sobre a energia elétrica para agricultores irrigados e avicultores.

Iniciada no dia 13 deste mês, a Expoagro foi afetada pelo frio e chuva. O show da banda Jota Quest, no dia 15, foi cancelado por causa de um temporal, na quarta-feira (18), data do show da dupla Jorge e Mateus choveu o dia inteiro, embora o show tenha ocorrido normalmente, e no sábado (21), mais uma vez estava chovendo e com muito frio no show de Anitta e da dupla Maiara e Maraisa.

O balanço com o número de pessoas que passaram pelo parque de exposições e o faturamento dos negócios fechados durante a feira ainda não foi divulgado.

“Tudo funcionou bem. Não registramos nada de grave. Claro que ainda precisamos de alguns ajustes e vamos discutir já para a próxima Expoagro. Inovamos no caso da área restrita para venda e consumo de bebidas. Foi algo desacreditado que apostamos. E deu certo. Só recebemos elogios”, afirmou Lúcio Damália, sobre o espaço cercado para venda e de bebida alcoólica, uma forma de dificultar o consumo de álcool por menores de idade.

Nessa Expoagro, a venda de cerveja e driks só estava liberada no espaço fechado, nos camarotes e área vip, onde menores de 18 anos não podiam entrar.

Para o Sindicato Rural, a medida trouxe uma série de benefícios, contribuindo para fiscalização mais eficiente do consumo de bebida por menores de idade, além de tornar o evento mais seguro e organizado para os frequentadores.

Conforme a fiscalização da Vara da Infância e Juventude, apenas dois menores de idade foram flagrados consumindo bebida alcoólica durante a Expoagro deste ano. “Esse número é irrisório, e isso é muito positivo”, ressaltou o coordenador da fiscalização, Ademir Dezen Maciel. Em anos anteriores a média era de 15 a 20 menores flagrados por noite.

“Hoje você não vê aquela ‘lataiada’ de cerveja jogada no chão, nem bêbado trombando e derrabando bebida em você. Então, dá para trazer a família. Também fico tranquilo que se meus filhos saírem de perto de mim para andar pela exposição, tenho a segurança de que não vão conseguir comprar bebida. Dá mais tranquilidade para a gente”, afirmou produtor rural Roberto Capua, 33, do município de Caarapó.

Expoagro 2017 – Lúcio Damália disse que já pensa em manter algumas propostas que deram certo neste ano para o evento do ano que vem. No entanto, ele afirmou que alguns detalhes serão modificados, como uma forma de acesso à feira usando de mais tecnologia.

“Pretendo informatizar mais ainda o sistema de credenciamento. Estou com algumas ideias que vou discutir com a diretoria e melhorar ainda mais”, afirmou.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions