A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Outubro de 2017

27/04/2015 11:59

Evento reunirá mil produtores de leite para apresentar novas tecnologias

Caroline Maldonado
Segundo o diretor secretário da Famasul, Ruy Fachini, o encontro é uma das ações das entidades do setor para fomentar a produção de leite no Estado  (Foto: Alcides Neto)Segundo o diretor secretário da Famasul, Ruy Fachini, o encontro é uma das ações das entidades do setor para fomentar a produção de leite no Estado (Foto: Alcides Neto)

O 18º Encontro Técnico do Leite, lançado na manhã de hoje, espera mil produtores de todo o Estado para conhecer novas tecnologias de manejo e discutir estratégias para gestão. O evento será no dia dois de junho, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, em Campo Grande. A ideia é unir os empresários do setor e tratar também das questões que emperram o crescimento da cadeia em MS.

Segundo o diretor secretário da Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), Ruy Fachini, o encontro é uma das ações das entidades do setor que visa fomentar a produção de leite no Estado, desde o grande, o médio e principalmente o pequeno produtor. “Estamos realizando esse evento com objetivo de reunir mil produtores rurais para realmente mostrar as novas tecnologias, tudo que há de novo e melhor e pode fazer diferencial dentro do Estado”, comentou.

O lançamento na sede da Famasul contou com a presença do prefeito Gilmar Olarte (PP), que aproveitou para falar das dificuldades financeiras do município, mas destacou que tem interesse em apoiar o setor produtivo. “Se vem essa onda ruim, vamos preparar as pranchas para todos os produtores surfarem, mas vamos transpor as barreiras”, disse.

Segundo a organização, o encontro terá palestras de temas que vão desde a estruturação do rebanho leiteiro ao bem-estar animal. Para a presidente da Cooperativa de Produtores de Leite de Terenos, Lucília de Almeida, a participação no encontro é fundamental para superação do cenário econômico, que desafia os produtores no Estado.

“Com a organização, acompanhamento técnico e a união dos produtores conseguimos continuar produzindo. As eleições, o aumento de produção, vários fatores geraram uma queda no preço do leite e para passar por isso contamos com apoio do Governo, do Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), que ensinou a agente a andar junto e estar qualificado”, contou a presidente da entidade que tem 325 cooperados.

A programação e mais detalhes sobre o encontro estão disponíveis no site www.famasul.com.br/encontro-do-leite. As inscrições vão até dia 28 de maio, no valor de R$ 50.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions