A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

01/04/2009 18:22

Ministro defende crédito tributário a frigoríficos

Redação

O ministro de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Reinhold Stephanes, defendeu na noite de hoje, durante visita à Expogrande, a sugestão de liberar créditos tributários a frigoríficos como forma de amenizar a crise financeira anunciada pelo setor.

A proposta já havia sido apresentada no final da semana pela presidente da CNA (Confederação Nacional da Agricultura), senadora Kátia Abreu, durante visita a Campo Grande.

A idéia da entidade é que o governo federal libere recursos oriundos de créditos tributários que os frigoríficos têm de receber do Governo pelas exportações de carne, como compesnação da Lei Kandir.

Uma das condições seria o pagamento prioritário de fornecedores. Segundo a Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso do Sul), a dívida com os pecuaristas do Estado é de cerca de R$ 100 mil

O ministro diz que resolveu levantar a mesma bandeira, diante da demora para liberação de recursos para socorro ao setor. "Os bancos dão guarda-chuva quando faz sol e tiram quando chove", comparou Stephanes.

A CNA anunciou que vai encaminhas ao Ministério da Fazenda um relatório de quanto os frigoríficos deveraim receber e tentar a liberação. Ela calcula que o setor necessite de R$ 149 milhões em créditos.

Café - Na manhã dessa quinta-feira, o ministro tem café da manhã marcado com produtores rurais na Famasul. Questionado se está preparado para ouvir reivindicações, Stephanes se mostra aliado da categoria. "Estou aqui para defender o produtor".

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions