A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

31/01/2012 19:08

Adolescente é baleada durante assalto em loja de roupas no Santa Emília

Jeozadaque Garcia e Viviane Oliveira

Uma adolescente de 17 anos foi baleada na perna durante um assalto a uma loja de roupas nesta terça-feira (31) no bairro Santa Emília, região sul de Campo Grande. Um bandido já foi preso pela Derf (Delegacia Especializada em Roubos e Furtos).

A dona da loja, Luciana da Silva, de 29 anos, disse que estava no estabelecimento com a adolescente, que é sua funcionária e começou no emprego há menos de um mês, quando dois jovens em uma bicicleta passaram pelo local.

Sem entrar na loja, eles perguntaram se havia casas na região para alugar. Logo em seguida, os assaltantes entraram no comércio e, com um deles armado, anunciaram o roubo. Ambos estavam com capacetes nas mãos, porém, a mulher não soube dizer se eles chegaram em uma motocicleta.

Após pegar R$ 70 na loja, eles mandaram as duas entraram na casa, que fica no piso de cima. Um deles falava o tempo todo ao celular.

Segundo vizinhos, lojas e mercados são os alvos favoritos dos bandidos da região. (Foto: João Garrigó)Segundo vizinhos, lojas e mercados são os alvos favoritos dos bandidos da região. (Foto: João Garrigó)

Ainda de acordo com a comerciante, ambos aparentavam certo nervosismo. A arma de um deles disparou, atingindo a perna da adolescente. Luciana foi autorizada pelos bandidos e fazer uma compressa de gelo no local do ferimento.

Os bandidos trancaram Luciana no banheiro, pegaram o controle do portão e levaram um VW Gol e fugiram. Nisso, a adolescente chamou seu pai, que foi até o local, destrancou a mulher e acionou o Corpo de Bombeiros.

O carro foi recuperado a poucos quilômetros do local, abandonado às margens do macroanel, na saída para Sidrolândia. Um dos bandidos foi preso e confessou o crime.

Conforme as vítimas, um dos bandidos era moreno, magro, baixo, e usava bermuda e camiseta de cor laranja. Ele aparentava ter 25 anos. O outro, que portava a arma, aparentava 17 anos e usava camisa brava e short jeans.

Crimes recentes - O professor Pedro Costa Menezes, de 51 anos, é vizinho da loja e mora na região há 16 anos. De acordo com ele, a onda de assaltos no bairro começou este ano e são cometidos por usuários de drogas.

“Ontem mesmo roubaram três estabelecimentos”, relata, acrescentando que as ‘vítimas’ preferidas dos bandidos são estabelecimentos comercias, como lojas e mercados.

“Eles chegam mais nervosos do que quem é assaltado. Atiram por qualquer coisa”, finaliza.

Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


Enquanto o governo não colocar em prática um plano eficaz para barrar a entrada de drogas e tirar do vício esta massa de usuários, a onda de violência e assaltos só irá aumentar, e quem paga a conta de tudo isto já sabemos: o pobre trabalhador e pagador de inúmeros impostos.
Acorda Brasil!!!
 
Wellington Sampaio em 01/02/2012 12:53:27
trabalho naquele lugar,so vejo policiamento quando ha algum asalto,pois acho que deveria ter mas policiamento naquela regiao.SAO CONRADO , SANTA EMELIA E TODA REGIAO.Os comerciantes e vendedores agradeceriam muito as autoridades se isso fosse posivel
 
antonio marques em 31/01/2012 08:27:22
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions