ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SEGUNDA  24    CAMPO GRANDE 24º

Capital

Camionete tomba após passar em semáforo “apagado” da Joaquim Murtinho

Por Paula Vitorino e Fabiano Arruda | 05/02/2012 12:23

Homem morreu no mesmo local em acidente envolvendo 4 veículos, em outubro de 2011

Carro ficou tombado após colisão e arrancou as luzes do semáforo. (Foto: Pedro Peralta)
Carro ficou tombado após colisão e arrancou as luzes do semáforo. (Foto: Pedro Peralta)

Uma camionete Hillux tombou após bater com um Vectra, por volta das 10h30, deste domingo (5), no cruzamento da avenida Joaquim Murtinho com a Pedro Celestino, em Campo Grande.

Com o impacto, a camionete atingiu o semáforo da avenida e arrancou as luzes do equipamento. O veículo parou tombado próximo a uma residência.

Apesar dos estragos, ninguém ficou ferido.

A camionete é da Prefeitura Municipal de Água Clara e o motorista, José Ribeiro da Silva, de 58 anos, afirmou que a causa do acidente foi o semáforo “apagado” da Joaquim Murtinho. O diretor do hospital público do município, Mario Augusto de Oliveira, 50 anos, estava como passageiro.

José afirmou que seguia no sentido centro e garante que “não dava para ver direito a cor do semáforo. Achei que estava verde para mim”.

Em outubro, um motociclista morreu em um acidente no mesmo local envolvendo quatro veículos. Ele tinha acabado de estacionar quando foi atingido por um dos veículos. O semáforo “apagado” também foi apontado como causa para a colisão.

Já o motorista do Vectra, de cor azul, o militar do Corpo de Bombeiros Cesar Segato, de 43 anos, afirma que seguia pela Pedro Celestino em baixa velocidade e que o semáforo estava verde quando cruzou a via.

O morador do local Reginaldo de Almeida, de 54 anos, contou que está cansado de ver acidentes no cruzamento e reclama que “é um absurdo essa situação”.

“Tem que trocar esse semáforo, ninguém consegue enxergar a cor. Já tive até que ajudar a socorrer vítima aqui”, frisa.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário