A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

19/07/2012 20:58

Dois suspeitos de espancamento de pintor até a morte são presos

Nyelder Rodrigues e Luciana Brazil
Welisson e Caio foram presos no bairro Caiçara. Ambos dizem que não sabiam o que ocorria, e mesmo assim entraram na briga (Foto: Simão Nogueira)Welisson e Caio foram presos no bairro Caiçara. Ambos dizem que não sabiam o que ocorria, e mesmo assim entraram na briga (Foto: Simão Nogueira)

Dois suspeitos de participação no assassinato do pintor Damião Nedes Maciel, de 46 anos, foram presos, e um adolescente apreendido, por policiais do SIG(Serviço de Investigação Geral) e investigadores da 5ª DP de Campo Grande. Damião foi espancado até à morte, no fim de semana.

Os detidos são Caio Henrique Elói, de 19 anos, e Welisson Henrique de Souza Vieira, de 18 anos. Caio já tem passagem por porte ilegal de arma de fogo quando menor de idade, enquanto Welisson tem passagem, também quando menor de idade, por roubo. Ambos foram encontrados no bairro Caiçara.

Segundo Caio, ele foi comprar maconha na região e passou pelo local do crime no momento das agressões, e também entrou na briga, dando chutes e socos na vítima, mesmo sem saber o que acontecia no momento. Os motivos da confusão ainda não ficaram claros.

Welisson conta provavelmente a confusão tenha começado por causa de um roubo de bicicleta. “Tinha uma muvuca de gurizada lá”. Ele também diz não saber o que acontecia.

Caso - Damião começou a ser espancado até a morte em frente a uma conveniência no último domingo (15), na avenida Manoel da Costa Lima, no bairro Guanandi. O grupo chegou em duas motos, bicicletas e a pé. O pintor morreu na rua Tabatinguera, alguns metros depois da conveniência.

Uma operação dos policiais civis da 5ª DP iniciada nesta quinta-feira (19) saiu em busca dos seis suspeitos, com mandados de prisão nos bairros Coophavila, Aero Rancho, Vila Anahy, Caiçara e Guanandi.

De acordo com o delegado Fernando Nogueira, os suspeitos aparecem na gravação do sistema de segurança de uma conveniência.

As imagens mostram a vítima estacionando a motocicleta a cerca 100 metros do estabelecimento comercial e se aproximando ainda de capacate. Em seguida, Damião começa a conversar com um homem e começa uma discussão.

Os suspeitos foram identificados com a ajuda das imagens da conveniência, depoimento de testemunhas e também com denúncias anônimas feitas para o telefone da delegacia. As gravações mostram apena a movimentação do grupo, no entanto não registram o momento da agressão.



Como diria nosso saudoso Escaramuça: Bando sem noção muito brabinhos, batem e matam a pancada um cidadão, depois fogem feito covardes, mais nossa gloriosa polícia prende dois valentões que se dizem não saber o motivo, mais que entraram porque são brabinhos... agora vão passar uns dias no xilindró pra esfriar a cachooola!!!
 
Marcelo Max em 20/07/2012 09:15:40
Mais uma vez a nossa policia esta ta dando um exemplo de dedicação com a indentificçao e prisão de dois bandidos , e tenho certeza que os outros serão presos em breve . Parabéns aos policiais civis que fizeram a prisão e com todas as dificuldades que tem desempenham um extraordinario trabalho.
 
nelson costa em 20/07/2012 08:48:47
É lamentavel o ocorrido, ainda mais saber que pessos como estas que nem sabiam ou dizem ñ saber o motivo para agredir uma outra pessoa covardemente! E vejam só como foi importante ter proximo ao local uma CAMERA que registro parte da movimentação dos criminosos, CG prescisa de mais locais monitorados para ajudar a Policia e nos dar um pouco de segurança.
 
Paulo Umura Higa em 20/07/2012 08:43:32
são os famosos marimbondos só são bravos quando estão de bando, espero que virem mulher lá no corró pela covardia.
 
Carlitos Leite em 20/07/2012 03:25:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions