A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

17/10/2012 16:15

Negada liberdade a envolvidos em assassinato de pintor no Guanandi

Crime aconteceu em julho deste ano, em Campo Grande. Vítima foi espancada

Nadyenka Castro
Três adultos e dois adolescentes foram apontados pela Polícia Civil como envolvidos no crime. (Foto: Rodrigo Pazinato)Três adultos e dois adolescentes foram apontados pela Polícia Civil como envolvidos no crime. (Foto: Rodrigo Pazinato)

Envolvidos no assassinato do pintor Damião Nedes Maciel, 46 anos, ocorrido em 15 de julho deste ano, no bairro Guanandi, em Campo Grande, tiveram o habeas corpus negado em caráter liminar.

A defesa de Caio Henrique Elói impetrou o pedido de habeas corpus e o desembargador Francisco Gerardo de Souza, da 1ª Câmara Criminal, negou a liminar, que se estende também para os outros acusados pelo homicídio.

Agora, a solicitação vai para análise dos demais magistrados da 1ª Câmara Criminal. Caso eles aceitem o pedido, os três presos pelo crime serão colocados em liberdade.

Damião foi vítima de espancamento na avenida Manoel da Costa Lima. Na versão de Caio Henrique à Polícia Civil quando foi preso, Damião foi morto após pedir droga e furtar bicicleta de traficante.

Além de Caio, são acusados de envolvimento no assassinato dois adolescentes, Welisson Henrique de Souza Vieira, de 18 anos e Renan do Nascimento Moreira, 19 anos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions