A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2019

08/04/2017 11:21

Neta encontra idosa morta com hematomas e travesseiro no rosto

Família suspeita que mulher tenha sido assassinada por alguém que queria roubá-la

Anahi Zurutuza e Luana Rodrigues
PM e bombeiros foram acionados pela família (Foto: Marcos Ermínio)PM e bombeiros foram acionados pela família (Foto: Marcos Ermínio)

Maria Celedonia Gutierres, de 68 anos, foi encontrada morta na manhã deste sábado (8) na casa dela, que fica na Vila Popular – região oeste de Campo Grande. A idosa tem hematomas na face e a suspeita da família é de que ela foi asfixiada, porque o corpo foi encontrado na cama com um travesseiro sobre o rosto.

O Corpo de Bombeiros e a PM (Polícia Militar) foram acionados pelos filhos da vítima por volta das 10h30. Depois que o óbito foi confirmado, peritos foram chamados.

A costureira Keith Gutierres, de 29 anos, mora na frente da casa da mãe e conta que estranhou o fato da idosa não ter aparecido até as 10h. “Ela sempre acordou cedo”, afirmou.

Por isso, Keith pediu que a filha dela, de 11 anos, fosse até a residência. “Minha filha voltou dizendo que a avó estava gelada”. Foi quando a costureira encontrou a mãe com o travesseiro sobre o rosto.

A família suspeita que alguém tenha entrado na casa de Maria Gutierres para roubá-la. Os filhos contam que ela pretendia sacar a quantia de R$ 2 mil nesta sexta-feira (7). “Ela tinha feito o consórcio de uma moto, mas tinha parado de pagar e mandaram uma carta dizendo que ela podia sacar o dinheiro se quisesse”, contou Keith. Veja o depoimento dela no vídeo:

Julio César Gutierres durante entrevista (Foto: Marcos Ermínio)Julio César Gutierres durante entrevista (Foto: Marcos Ermínio)

A filha revela ainda que a mãe contou “para a vizinhança” inteira que tinha dinheiro para sacar.

Segundo o pedreiro Julio César Gutierres, 50 anos, também filho da vítima, a idosa não conseguiu fazer o saque por questões burocráticas. “Voltou de mãos vazia para casa, mas quem fez isso não sabia”.

Maria Gutierres morava há 30 anos na casa da rua 148, na Vila Popular.

Ligada ao tráfico de droga, mulher pode ter sido morta por 'tribunal do crime'
Encontrada morta na sexta-feira (31), Mislene da Silva, 30 anos, pode ter sido julgada pelo tribunal do crime ou vítima de crime passional. O corpo d...
Mulher encontrada morta na Capital tinha passagens por roubo e tráfico
Mislene da Silva, 30 anos, encontrada morta na noite da última sexta-feira (31) no bairro Chácara dos Poderes, dentre outras passagens pela polícia t...
Reconhecida pelo ex-marido, morta e com sinais de violência tinha 30 anos
Mulher que foi encontrada morta e com sinais de agressão na noite de sexta-feira (31), no bairro Chácara dos Poderes, em Campo Grande, foi identifica...
Mulher é encontrada morta com sinais de agressão e sem parte das roupas
Uma mulher, ainda não identificada, foi encontrada morta na noite desta sexta-feira (31), na Rua EW 1, Chácara dos Poderes, em Campo Grande. A mulher...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions