A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 27 de Abril de 2018

04/04/2018 10:25

Comandante do Exército no Estado apoia fala de general sobre impunidade

José Luiz Dias Freitas defendeu em seu perfil no Twitter que Villas Boas “expressa as preocupações e anseios dos cidadãos brasileiros que vestem fardas”

Anahi Zurutuza
Comandante do Exército no Estado apoia fala de general sobre impunidade

O comandante militar do Oeste, general José Luiz Dias Freitas, retuitou a postagem do comandante do Exército Brasileiro, general Eduardo Villas Bôas, que está causando alvoroço desde a noite desta terça-feira (3), véspera do julgamento do habeas corpus de Luiz Inácio Lula d Silva (PT) no STF (Supremo Tribunal Federal).

O chefe do Exército em Mato Grosso do Sul, defendeu em seu perfil no Twitter que Villas Boas “expressa as preocupações e anseios dos cidadãos brasileiros que vestem fardas”.

“Estamos juntos, comandante!”, completou.

À esquerda, o general Freitas durante a troca de comando do CMO em agosto do ano passado (Foto: André Bittar/Arquivo)À esquerda, o general Freitas durante a troca de comando do CMO em agosto do ano passado (Foto: André Bittar/Arquivo)

Polêmica – A mensagem publicada por Villas Bôas no Twitter inflamou debates sobre se o post do general representa ou não posicionamento do Exército Brasileiro e se serviu para pressionar o STF a “condenar Lula à prisão”, além de gerar discussão sobre até que ponto a instituição pode ou deve interferir em assuntos que são tratados no Judiciário, como é o caso do pedido da defesa do ex-presidente.

Na postagem, o comandante do Exército diz que repudia a impunidade. “Nessa situação que vive o Brasil, resta perguntar às instituições e ao povo quem realmente está pensando no bem do País e das gerações futuras e quem está preocupado apenas com interesses pessoais?”, questiona.

Mas, a frase que foi combustível sobre para a polêmica é a que Villas Bôas deixa supostamente subentendido que o Exército está pronto para agir caso outras instituições não cumpram seu papel.

“Asseguro à Nação que o Exército Brasileiro julga compartilhar o anseio de todos os cidadãos de bem de repúdio à impunidade e de respeito à Constituição, à paz social e à Democracia, bem como se mantém atento às suas missões institucionais”, postou.

A postagem provocou chuva de tuítes de apoio ao comandante por parte de outros militares.

CMO – O Comando Militar do Oeste informou, por meio da assessoria de imprensa, que não vai se posicionar a respeito do tuíte o general Villas Bôas, uma vez que a conta no Twitter é pessoal e não da instituição. Da mesma forma está sendo tratada a opinião do comandante militar do Oeste.

Contudo, o chefe do Estado Maior do Exército, general Fernando Azevedo e Silva, afirmou à Folha de S. Paulo que a fala de Villas Bôas é a opinião da corporação. "Se o comandante do Exército se manifestou, essa é a opinião do Exército", disse.



É mais uma vivandeira do golpe.
Nada mais do que isso.
Em um país com mais seriedade esse sujeito estaria na cadeia.
 
Critico em 04/04/2018 12:07:29
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions