A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019

01/08/2018 10:39

Autor de tiro acidental no amigo muda versão e diz que arma era do avô

Adolescente de 15 anos tinha dito que havia encontrado revólver em terreno baldio; garoto ferido com tiro continua internado

Helio de Freitas, de Dourados
Revólver calibre 38 apreendido no local onde adolescente atirou sem querer no amigo (Foto: Adilson Domingos)Revólver calibre 38 apreendido no local onde adolescente atirou sem querer no amigo (Foto: Adilson Domingos)

O adolescente de 15 anos de idade, que na tarde de ontem (31) acertou um tiro acidental no rosto do amigo de 13 anos quando brincava com um revólver calibre 38 marca Taurus, mudou a versão e disse que a arma pertence a seu avô. O caso ocorreu em Dourados, a 233 km de Campo Grande.

No final da tarde desta terça-feira, o garoto de 15 anos mostrava arma para o amigo de 13, em uma casa na Rua Monte Alegre, no Jardim Ouro Verde, região norte da cidade. Quando manuseava a arma, o mais velho puxou o gatilho e acertou um tiro no rosto do amigo.

Ele disse que o tiro foi acidental e inicialmente alegou ter encontrado o revólver em um terreno baldio há alguns dias. A bala atravessou na nuca do garoto, que foi levado pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) para o Hospital da Vida, onde está internado com quadro estável e fora de perigo.

Na Polícia Civil, para onde foi levado por policiais militares, o adolescente mudou a versão ao ser ouvido pelo delegado de plantão. Ele disse que pegou a arma em uma dispensa nos fundos da casa do avô e foi mostrar para o amigo quando houve o tiro acidental.

O menor vai responder por lesão corporal em liberdade. O avô foi autuado por posse de arma de fogo e omissão de cautela. Ele pagou fiança e também vai aguardar o processo em liberdade. O nome do dono da arma não foi divulgado.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions