A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2019

29/03/2017 14:31

Homem foi morto em briga por puchero e cachaça; dois menores estão presos

Crime ocorreu na madrugada de hoje na aldeia Jaguapiru, em Dourados; facão usado no crime estava com adolescentes

Helio de Freitas, de Dourados
Adolescentes são suspeitos pela morte de homem na reserva de Dourados (Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News)Adolescentes são suspeitos pela morte de homem na reserva de Dourados (Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News)

Armando Chimenes Benites, 66, morador na aldeia Jaguapiru, foi morto a golpes de facão durante uma briga por causa de puchero e cachaça. O crime ocorreu na madrugada de hoje (29) na reserva de Dourados indígena de Dourados, a 233 km de Campo Grande.

Dois adolescentes foram detidos hoje de manhã suspeitos de terem assassinado Armando durante uma briga. A vítima estava com uma faca na mão direita e tentou se defender, mas levou dois golpes no rosto e morreu na hora.

Os menores estão na 1ª Delegacia de Polícia e devem ser ouvidos ainda hoje. Eles foram localizados por policiais civis com ajuda de lideranças indígenas. O facão usado no crime foi apreendido.

O corpo de Armando foi encontrado em uma estrada da aldeia, perto da casa onde morava. Familiares disseram que o homem consumia bebida alcoólica com frequência e não tinha hora para voltar para casa.

Foi o segundo homicídio registrado em menos de oito horas na reserva de Dourados. Ontem à noite, Carlos Isnarde Machado, 24, foi morto a facadas por Reginaldo Isnarde da Silva, 21, ex-marido da atual namorada da vítima. Segundo a polícia, o rapaz caiu em uma emboscada. O autor do crime e a mulher fugiram com a moto de Carlos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions