A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Maio de 2019

18/04/2019 17:31

TAC prevê aplicação de R$ 78 mil para cercar e recuperar área de antigo lixão

Prefeitura de Aquidauana também vai providenciar um novo local para recebimento de entulhos e restos de podas

Humberto Marques
Área de antigo lixão continua a ser usada para depósito ilegal de detritos. (Foto: O Pantaneiro)Área de antigo lixão continua a ser usada para depósito ilegal de detritos. (Foto: O Pantaneiro)

O MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) e a Prefeitura de Aquidauana –a 135 km de Campo Grande– firmaram um Termo de Ajustamento de Conduta para recuperar a área ocupada pelo antigo lixão do município. O acordo, conforme o site O Pantaneiro, prevê o investimento de R$ 78 mil no serviço, que inclui a instalação de 2,1 mil metros de cerca, a fim de impedir que a população continue a despejar resíduos no local.

Também está prevista a criação de um espaço para o recebimento de entulhos e restos de podas e a vigilância da área.

O TAC inclui o cumprimento do Prade (Programa de Recuperação de Área Degradada) do antigo lixão. A Secretaria de Obras de Aquidauana informou que, mesmo após a limpeza da área, o problema com os despejos irregulares continuaram. Assim, espera-se que o cercamento finalmente solucione a questão.

“Iremos colocar fiscais e destinar um local correto para o descarte de galhos de árvores e entulhos. Estamos desenvolvendo um projeto para trituração do rejeito e seu destino”, afirmou o secretário de Planejamento de Aquidauana, Ronaldo Angelo.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions