ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, TERÇA  01    CAMPO GRANDE 23º

Economia

Exportação de peixes cresce 35% de janeiro a outubro em MS

Somente neste ano foram exportados 942 mil quilos, enquanto no ano passado foram 700 mil quilos

Por Gabriel Neris | 22/11/2020 09:40
Psicultor pega peixe com as mãos para avaliar espécie (Foto: Leandro Abreu/Sistema Famasul)
Psicultor pega peixe com as mãos para avaliar espécie (Foto: Leandro Abreu/Sistema Famasul)

Mato Grosso do Sul registrou aumento de 35% na exportação de peixes entre os meses de janeiro e outubro deste ano na comparação com o mesmo período do ano passado.

A informação é do Sistema Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul).

Somente neste ano foram exportados 942 mil quilos, enquanto no ano passado foram 700 mil quilos.

Conforme o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, a arrecadação com a venda para outros países aumentos 11,5%, passando de US$ 4,3 milhões para US$ 4,8 milhões.

Mato Grosso do Sul também apresentou crescimento de 30% na produção de peixes em 2019, de acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Foram 18,1 mil toneladas no ano passado, enquanto em 2018 foram produzidas 13,9 mil toneladas.

Angélica, município localizado a 263 km de Campo Grande, foi o que maior expandiu, com salto da produção de 3.625% no período. A arrecadação passou de R$ 83,4 milhões para R$ 101,6 milhões.

A tilápia lidera o ranking de espécie exportada, com 17 mil toneladas, seguido de pacu e patinga, ambos com 650 toneladas, e do pintado, com 214 toneladas produzidas no Estado.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário