A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

16/09/2013 09:55

Pesquisa aponta as 10 cidades de MS menos dependentes do Bolsa Família

Vinícius Squinelo

Itaporã é a cidade sul-mato-grossense que menos depende do Bolsa Família, programa do Governo Federal para famílias de baixa renda. Pelo menos é o que apontou pesquisa da Revista Exame, divulgada ontem (15). Chapadão do Sul, Três Lagoas, Campo Grande, Água Clara, Dourados, Maracaju, Novo horizonte do Sul, Naviraí e Cassilândia também figuram na lista.

Com base em dados do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome e IBGE (Instituto Nacional de Geografia e Estatística), a pesquisa da Exame traçou um ranking das cidades menos dependentes do Bolsa Família.

Capital e maior cidade de Mato Grosso do Sul, Campo Grande é a quarta no ranking, com um chefe de família beneficiado a cada 27 habitantes. O cálculo é feito dividindo o número total da população pelo número de chefes de famílias beneficiados; quanto mais alto o índice, menor a dependência do município do Bolsa Família.

Cidade do agronegócio regional, Chapadão do Sul é a segunda menos dependente, com 1 beneficiado a cada 29,4 habitantes, seguida da industrializada Três Lagoas, com 1 beneficiado a cada 28,4 habitantes.

No Brasil, em média, o governo federal paga um benefício do Bolsa Família para cada 14 habitantes. Mas o número varia entre estados: em Alagoas, todas as cidades recebem acima dessa média. Já as do Rio Grande do Sul são as que dependem menos.

Repassa às famílias pobres (com renda mensal por pessoa de R$ 70,01 a R$ 140,00) e extremamente pobres (com renda mensal por pessoa de até R$ 70,00), os benefícios do Bolsa Família variam entre R$ 22 e R$ 200 reais (o valor pago depende do número de crianças e adolescentes atendidos e do grau de pobreza de cada família).

Confira as dez cidades de MS menos dependentes do Bolsa Família:

Itaporã – 1 em cada 37,5 habitantes

Chapadão do Sul – 1 em cada 29,4 habitantes

Três Lagoas – 1 em cada 28,9 habitantes

Campo Grande – 1 em cada 27 habitantes

Água Clara – 1 em cada 26,6 habitantes

Dourados – 1 em cada 23,7 habitantes

Maracaju – 1 em cada 23,5 habitantes

Novo Horizonte do Sul – 1 em cada 22,8 habitantes

Naviraí – 1 em cada 22 habitantes

Cassilândia – 1 em cada 21,6 habitantes

Procon da Capital abre campanha para orientar comércio e consumidor no Natal
O Procon (Subsecretaria de Proteção e Defesa do Consumidor) de Campo Grande dá início nesta segunda-feira (18) a uma semana de orientação e atendimen...
Os limites do “desculpe, seu score está baixo”
Imagine a seguinte situação. Você está navegando em uma grande loja de comércio eletrônico e escolhe um novo celular para compra. Na hora do pagament...
Confaz aprova incentivos fiscais concedidos pelo Governo de MS
O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) aprovou a convalidação de todos os incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado em Mato G...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions