08/11/2019 08:18

Criada em 1991, lanchonete tradicional é autuada por vender produtos vencidos

Equipe do Procon encontrou 83 produtos vencidos e sem informação. Empresa tem 15 dias para apresentar defesa

Izabela Sanchez
Bombons estavam entre os itens com data de validade expirada (Foto: Divulgação/Procon)Bombons estavam entre os itens com data de validade expirada (Foto: Divulgação/Procon)

O tradicional Áquila Burger, criado em Campo Grande em 1991, foi autuado pelo Procon (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) por conter, entre os produtos vendidos, 83 itens vencidos ou sem nenhuma informação sobre a validade. Segundo o superintendente Marcelo Salomão, a empresa tem 15 dias para apresentar defesa.

Se for multada, pode ter de pagar entre R$ 5 mil e R$ 50 mil, disse Salomão. O Procon destaca que os produtos eram “de alto índice de consumo” . Segundo a Superintendência, os itens variavam de “cervejas a pirulitos”, e alguns estavam vencidos desde junho deste ano.

O Procon destaca que, em alguns produtos, faltavam informações que pudessem orientar o consumidor a respeito de validade, procedência ou composição. “Entre embalagens de 350 ml e dois litros existiam 17 unidades de refrigerantes, cinco garrafas de cerveja e 18 bombons, com data de validade expirada”, destaca a nota da Superintendência.

Já com relação aos produtos “sem informações essenciais”, eram vendidas aos clientes 16 garrafas de cerveja, 3 embalagens de molho de pimenta e 24 pirulitos, “estes sobre o balcão”, diz a nota. “Observa-se que a ingestão desses produtos poderia, inclusive, originar problemas à saúde.

Conforme a Superintendência, todos os itens impróprios foram inutilizados, “de maneira a não terem condições de voltarem a ser comercializados”, afirma. Os produtos foram descartados durante a visita da equipe.

O Campo Grande News tentou contato com o proprietário, por telefone, mas ele não atendeu as ligações.

imagem transparente