14/02/2019 07:18

Mulher de empresário baleado em S10 é presa como mandante do atentado

Outras seis pessoas também foram presas; José Pereira Barreto dono da empresa Euro Tur, levou três tiros e está hospitalizado

Helio de Freitas, de Dourados
Empresário bateu caminhonete em loja após ser baleado por dois atiradores (Foto: Adilson Domingos)Empresário bateu caminhonete em loja após ser baleado por dois atiradores (Foto: Adilson Domingos)

A mulher do empresário José Pereira Barreto, 38, baleado por dois pistoleiros na tarde de ontem (13) em Dourados, a 233 km de Campo Grande, foi presa acusada de ser mandante do atentado contra o marido, dono da Euro Tur.

Valdirene Fiorentino da Silva, 35, e outras seis pessoas foram presas na noite desta quarta-feira acusadas de envolvimento na tentativa de assassinato. Os dois homens que dispararam os tiros também foram presos. Com eles foi apreendido um revólver calibre 357, de uso restrito.

Valdirene Fiorentino foi presa como mandante do assassinato do marido (Foto: Reprodução)Valdirene Fiorentino foi presa como mandante do assassinato do marido (Foto: Reprodução)

Um dos presos, identificado como Pedro Braga Cance Junior, seria amante de Valdirene. Esse teria sido o motivo de Valdirene tramar a morte do marido após José descobrir o caso extraconjugal da esposa. Pedro é funcionário de José Barreto.

O delegado do SIG (Serviço de Investigações Gerais) Rodolfo Daltro marcou para às 15h desta quinta-feira uma coletiva de imprensa para dar mais detalhes do caso.

Durante as investigações, a polícia encontrou quase meio milhão de reais na casa do empresário e duas armas. Na caminhonete S10 usada pelo empresário no momento do atentado, os policiais encontraram R$ 63 mil em dinheiro.

O atentado ocorreu no final da tarde de ontem no cruzamento das ruas Mato Grosso e Cuiabá, no Jardim Santo André, região central de Dourados.

Ferido, o empresário perdeu o controle da direção, bateu em dois carros e uma moto e só parou após atingir a fachada de uma loja de móveis planejados. José Pereira Barreto está internado no Hospital do Coração.

De acordo com policiais que atuam no caso, Valdirene estava desaparecida desde domingo. O desaparecimento chegou a ser informado à polícia.

Ontem à tarde, logo após o atentado, ela apareceu na delegacia, o que chamou a atenção dos policiais. Segundo a investigação, Valdirene e Pedro tinham saído da cidade temendo represália do empresário após ele descobrir o caso entre os dois.

imagem transparente