17/02/2019 15:36

Sob forte calor, Mountain Bike e Duathlon fecham o Bonito Cross

Competição realizada neste fim de semana em Bonito abriu o calendário 2019 dos esportes de aventura em Mato Grosso do Sul

Paulo Nonato de Souza
Com três categorias no masculino e feminino, a disputa do Mountain Bike movimentou o último dia do Bonito Cross neste domingo (Foto: Gabriel Marchese/Assessoria)Com três categorias no masculino e feminino, a disputa do Mountain Bike movimentou o último dia do Bonito Cross neste domingo (Foto: Gabriel Marchese/Assessoria)

A primeira edição do Bonito Cross, competição que abriu a temporada sul-mato-grossense de esportes de aventura, terminou neste domingo com a disputa das modalidades de Mountain Bike e Duathlon. Aberto no sábado com a prova de Trail Run, o evento realizado na área rural do município de Bonito, a 279 km de Campo Grande, superou o limite de inscrições que era de 300 atletas, segundo o organizadores.

“Realizar uma competição como o Bonito Cross, com três modalidades é um grande desafio, exige bastante da organização, desde segurança dos atletas, sinalização e informação, mas gostamos tanto que já estamos planejando a edição de 2020”, disse o coordenador geral da prova, Carlos Porto.

Foram dois dias de provas. Começou no sábado com a disputa do Trail Run (corrida de trilha) com largadas e chegadas na Praia da Figueira, a 18 km do centro de Bonito. As provas deste domingo foram disputadas nos percursos de 61,7 km no MTB Pró, 39 km no MTB Sport e 31,8 km de MTB Turismo. Já no Duathlon os atletas tiveram que encarar 5 km de corrida + 21,5 km de bike + 1,3 km de corrida.

No Duathlon, Mariana Delboni, de Campo Grande, fez o tempo de 02h16’55 e ficou com o título de campeã no geral feminino, e no geral masculino o campeão foi Valdeir Souza Silva, de Maracaju, com o tempo de 02h16’55.

“Participar de uma prova como esta aqui em Bonito era dos meus sonhos. Foi a minha primeira prova de Duathlon e já saio com o primeiro lugar. Nada mal”, comemorou. “Circuito difícil, complicado, bem do jeito que a gente gosta”, destacou a campo-grandense Mariana Delboni.

Dividida em três categorias, no masculino e feminino, a disputa do Mountain Bike movimentou o domingo na Praia da Figueira. No MTB Sport, Vanildes Schimidt, de Ponta Porã, foi a campeã geral com o tempo de 01h32’21. No masculino, Éder Carlos Zacharias fez o tempo de 01h12’07 e ficou com o título no geral.

No MTB Turismo, teve dobradinha das irmãs Leidiane Dias dos Santos Alves e Laurilena Dias dos Santos Alves, ambas de Corumbá. Leidiane foi a campeã com o tempo de 01h08’32, seguida de Laurilena com 01h12’00. “Foi show. Minhas primeira prova do ano e ganhei bem”, disse Leidiane.

Neto Canuto, de Campo Grande, comemorou o primeiro lugar lugar na classificação geral do MTB Turismo (Foto: Assessoria/Divulgação)Neto Canuto, de Campo Grande, comemorou o primeiro lugar lugar na classificação geral do MTB Turismo (Foto: Assessoria/Divulgação)
A corumbaense Leidiane Dias dos Santos Alves foi a campeã geral na sua categoria e ainda fez dobradinha com a irmã no pódio (Foto: Assessoria/Divulgação)A corumbaense Leidiane Dias dos Santos Alves foi a campeã geral na sua categoria e ainda fez dobradinha com a irmã no pódio (Foto: Assessoria/Divulgação)

No MTB Turismo Masculino, o campeão geral foi Neto Canuto, de Campo Grande. Ele fez o tempo de 01h08’32. “Prova de alto nível, percurso de alto nível de dificuldades e com paisagens exuberantes. Não diria que foi uma prova tranquila, nem poderia ser, com certeza bem trabalhada”, afirmou Neto Canuto.

A disputa do MTB Pró encerrou o Bonito Cross. No masculino, o paraguaio de Pedro Juan Caballero, Ernesto Mora Ramires, foi o campeão com o tempo de 02h42’04. No feminino, a corumbaense Ana Paula Capitel Camargo levantou o troféu de campeã geral ao gravar o tempo de 03h09’29.

Além dos atletas de diversas partes de Mato Grosso do Sul, o Bonito Cross teve a participação também de atletas da Bolívia e do Paraguai. De Puerto Suarez, cidade vizinha a Corumbá, veio uma equipe de seis baikeiros, incluindo Waldo Zevalo, o mais velho deles com 62 anos. "Consegui terminar a minha prova, mas foi difícil. Tive dificuldade para me achar na trilha"comentou ele.

O boliviano Waldo Zevalo, de 62 anos, encarou uma viagem de carro desde Puerto Suarez para disputar o Bonito Cross (Foto; Assessoria/Divulgação)O boliviano Waldo Zevalo, de 62 anos, encarou uma viagem de carro desde Puerto Suarez para disputar o Bonito Cross (Foto; Assessoria/Divulgação)
O paraguaio Ernesto Mora Ramires, de 27 anos, foi o campeão geral masculino do MTB Pró (Foto: Assessoria/Divulgação)O paraguaio Ernesto Mora Ramires, de 27 anos, foi o campeão geral masculino do MTB Pró (Foto: Assessoria/Divulgação)

Confira a classificação dos cinco primeiros colocados em cada categoria com os respectivos tempos dos competidores nas duas modalidades que fecharam o Bonito Cross neste domingo:

DUATHLON GERAL FEMININO

1° - Mariana Delboni (Campo Grande) – 02h16’55
2° - Carla Bardela – 02h32’24
3° - Adriana Vaz – 02h39’58
4° - Natália Gomes – 02h47’31
5° - Silvana Poleto – 03h47’31

DUATHLON GERAL MASCULINO

1° - Valdeir Souza Silva (Maracaju) – 01h43’44
2° - Paulo Ruvete – 01h49’50
3° - Rafael Ovando – 01h53’06
4° - Jonathan Reis – 01h59’00
5° - Luiz Fernando – 02h01’54

MTB SPORT GERAL FEMININO

1° - Vanildes Schimidt (Ponta Porã) – 01h32’21
2° - Juliandya Neponuceno Cavalcanti – 01h40’25
3° - Lívia Espírito Santo – 01h40’38
4° - Denise Amado – 01h46’06
5° - Tainara Melo Mendes Bonaldi – 01h58’02

MTB SPORT GERAL MASCULINO

1° - Éder Carlos Zacharias – 01h12’07
2° - Lucas Francisco Garcia – 01h12’08
3° - Dilermando Ribeiro – 01h12’22
4° - Eduardo de Mello – 01h24’03
5° - Rafael Palácios – 01h25’43

MTB TURISMO GERAL FEMININO

1° - Leidiane Dias dos Santos Alves (Corumbá) – 01h08’32
2° - Laurilena Dias dos Santos Alves – 01h12’00
3° - Danieli dos Santos Amaral – 01h15’55
4° - Lívia Barbosa – 01h16’52
5° - Karina Dopper Teixeira Costa – 01h17’51

MTB TURISMO GERAL MASCULINO

1° - Neto Canuto (Campo Grande) – 01h08’32
2° - Davi Mendes – 01h11’07
3° - Henry Edgardo – 01h15’55
4° - Bruno Jussiani – 01h17’32
5° - Éder Correa – 01h18’50

MTB PRÓ GERAL MASCULINO

1° - Ernesto Mora Ramires (Paraguai) – 02h42’04
2° - Wilker Teixeira Alves – 02h59’05
3° - Ricardo Miguel da Silva – 02h59’06
4° - Alvaro Herrera (Bolívia) – 03h01’32
5° - Márcio Machado – 03h03’12

MTB PRÓ GERAL FEMININO

1° - Ana Paula Capitel Camargo - (Corumbá) – 03h3418
2° - Layssa Moraes Pizarro Sestari – 04h09’29
3° - Laurene Oliveira – 05h05’27

Trail Run - No sábado, o campo-grandense Cláudio Einar, o Pelé das Moreninhas, de 49 anos, no masculino, e a douradense Maira Brun, de 40 anos, no feminino, foram os campeões da prova de Trail Run, que abriu a disputa do Bonito Cross.

Cláudio Einar fez o percurso de 12,2 km com a marca de 53”45. No feminino, Maira Brun foi a campeã em 1h01”52. Confira os cinco primeiros na classificação geral, e os três primeiros por faixa etária, masculino e feminino, com seus respectivos tempos de prova:

GERAL MASCULINO

1° - Cláudio Einar – 53’45
2° - Jorge Luiz Benites – 53’48
3° - Aldo da Conceição – 56’29
4° - Irineu Renzi Junior – 56’39
5° - Eliézer Felipe – 57’27

GERAL FEMININO

1° - Maira Brum – 01h01’52
2° - Tatiane Lorena Bergamo Santin – 01h10’04
3° - Beatriz Duarte Teixeira – 1h11’21
4° - Cristine Carretoni Figliolino Marques – 01h12’46
5° - Michelle Menegat – 01h14’09

imagem transparente