A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


20/10/2015 06:00

Tapa buraco começou pela rua da casa de Bernal

Edivaldo Bitencourt

Coincidência terrível – Após dois meses, a Prefeitura Municipal de Campo Grande retomou a operação tapa buracos pela Rua Antônio Maria Coelho. Com a cidade tomada por crateras, qualquer lugar é prioridade. No entanto, a retomada começou pela rua onde reside o prefeito Alcides Bernal (PP).

Justificativa – O prefeito afirmou que não houve prioridade na retomada da operação tapa buracos. Ele justificou que a equipe começou a trabalhar nas vias com maior tráfego, entre as quais, estaria a Antônio Maria Coelho.

Discordância – Ao voltar ao cargo, Bernal não discorda apena dos números milionários da Solurb. Ele também não concordou com o número de marmitas fornecidas aos funcionários da Secretaria de Infraestrutura. O impasse deixou os funcionários da pasta sem almoço. E eles decidiram encurtar a jornada para compensar a falta de marmita.

Solução – Bernal se comprometeu em resolver o problema da falta de alimentação na Secretaria de Obras. Os funcionários devem voltar a receber almoço e acabar com a jornada de trabalho menor ainda nesta semana.

Com candidato – O prefeito Alcides Bernal sinalizou que pode não disputar a reeleição em 2016. Contudo, ele já antecipou que o PP terá candidato próprio a sua sucessão. Como brigou com Gilmar Olarte, que deve deixar a sigla, ele é o único nome forte para disputar as eleições municipais.

E o delegado – O delegado Valmir Moura Fé até se filiou ao PDT na esperança de ser nomeado para o cargo de chefe de gabinete de Bernal. No entanto, a nomeação não ocorreu. A prefeitura nomeou o ex-secretário de Meio Ambiente, Odimar Marcon, para assumir o cargo o comando do gabinete de Bernal.

Na rua – O rompimento da Prefeitura de Campo Grande com a Itel Informática, do empresário João Baird, o Bill Gates Pantaneiro, deixou 52 trabalhadores sem emprego. Eles não foram recontratados pelo município. Dos 92, só 40 vão continuar trabalhando para o município.

Fúria – O vereador Paulo Siufi (PMDB) antecipou-se a denúncia de receber sem trabalhar e fez duras críticas ao Ministério Público na semana passada.Ele foi acusado de cumprir menos de 20% da jornada de trabalho no posto de saúde. O peemedebista anda furioso com os promotores de Justiça.

Sonho meu – O vereador Ademar Vieira Júnior, o Coringa (PSD), sonha alto. Ele está de olho na vaga de Elizeu Dionízio (PSDB), que assumiu a vaga de Márcio Monteiro, e trocou de partido recentemente. O vereador busca uma brecha jurídica para tirar Dionízio do cargo.

Prazo – Amanhã termina o prazo dos interessados em disputar a eleição da OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Mato Grosso do Sul). Até o momento, a sucessão de Júlio Cesar Rodrigues tem três concorrentes: Mansour Karmouche, Afeife Hajj e Jully Heyder da Cunha Souza.

(colaboraram Antonio Marques, Ricardo Campos Jr. e Thiago de Souza)

Maioria prefere Lava Jato à Copa do Mundo
Copa? – Pesquisa do Instituto Paraná mostra que, a menos de um mês do Mundial da Rússia, o brasileiro não está muito motivado com o assunto. A consul...
Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...
PMs presos têm “festival de ações”
Conhecidos da justiça - Entre as duas dezenas de policiais militares de Mato Grosso do Sul presos esta semana por suspeita de facilitar a vida dos co...
O entrave no cadastro de pedófilos
Entrave burocrático – Autor do projeto de lei que criou o cadastro de pedófilos em Mato Grosso do Sul, o ex-deputado estadual Carlos Alberto David, d...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions