A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

23/08/2018 08:07

Pai, mãe e filha se divertem como família Star Wars em vida paralela de cosplay

Thailla Torres
Olívia, de apenas 1 ano e 11 meses, é a maior fofura fantasiada de princesa.Olívia, de apenas 1 ano e 11 meses, é a maior fofura fantasiada de princesa.

Um evento nerd que se preze tem que ter cosplay, mas parece que as fantasias ficam ainda mais emocionantes quanto pais e filhos entram na brincadeira e dividem juntos o amor pelo universo dos personagens.

Por isso, Darth Vader, Padmé Abdala e Princesa Leia são os personagens de Star Wars que ganham vida na rotina de uma família campo-grandense, que unida tem encantado em feiras e eventos, principalmente, pela companhia da filha Olívia, de apenas 1 ano e 11 meses, que distribui fofura fantasiada de princesa.

"Ela chama bastante atenção e adora. Gosta de tirar fotos e dar atenção para as pessoas" comenta a mãe Erika Alves Morel, de 32 anos, que encara a jornada paralela como cosplay ao lado do marido Brunno Elias Ferreira, de 31,  também apaixonado pelo mundo nerd.

Família encara personagens há dois anos. Família encara personagens há dois anos.

Ambos são professores de Educação Física, mas não abrem mão dos momentos em família como cosplay. Ela conta que a ideia de formarem juntos uma família Star Wars veio do marido. "Foi ele quem começou, sempre apaixonado por esse universo, ele deu início há três anos como Darth. E há dois decidimos formar uma família".

Mais do que competição, a mãe explica que o momento nerd é para divertir os três. "A cultura nerd está muito em crescimento e, principalmente, em Campo Grande, esses eventos tem ganhado relevância nos últimos anos. Esse foi o segundo ano em família e estamos sempre tentando fazer coisas novas".

E fica quase impossível não se destacar entre os participantes ao chegar com a pequena Olívia, que faz todo sucesso. "Cada evento é muito emocionante, as pessoas ficam admiradas, gostam de tirar fotos com a gente. Na primeira Comic Con, um evento nerd nacional, a feira praticamente parou ao ver a Olívia, pequenininha, chamando atenção como Leia".

Na escola, de vez em quando, a pequena vai vestida de Batgirl ou até mesmo de Batman. "Todo mundo acha o máximo, se divertem".

Não importa o que falam, adultos ou jovens, o universo nerd é um mundo que não tem dono e nem idade. Quem sonha e vive da rotina paralela investe pesado, para uma produção completa por exemplo, a família já chegou a gastar R$ 4 mil.

O preço parece irrelevante diante da satisfação e encantamento pelo cosplay. "O que encanta? A criatividade e a imersão no mundo de fantasia. É como se houvesse um mundo paralelo formado apenas pelas pessoas que conhecem sobre o assunto. Às vezes tem pessoas no seu cotidiano que não tem ideia da cultura nerd existente, mas quando você encontra alguém para compartilhar isso, é como se um muro caísse entre vocês", completa Érika.

Curta o Lado B no Facebook e Instagram.

Pai e filha, Super Man e Super Girl.Pai e filha, Super Man e Super Girl.
Nessa o pai foi como wolverine e a filha como X23. Nessa o pai foi como wolverine e a filha como X23.


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.