A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Março de 2019

27/01/2019 10:20

Corrêa vê como consolidada eleição de Zé Teixeira para 1ª secretaria

Deputados vão se reunir com governador na próxima quarta-feira (dia 30) para definir nomes da chapa

Mayara Bueno e Bruna Kaspary
Deputado Paulo Corrêa (PSDB) durante entrevista na Feira de Calçados. (Foto: Marina Pacheco).Deputado Paulo Corrêa (PSDB) durante entrevista na Feira de Calçados. (Foto: Marina Pacheco).

Nome consolidado para ocupar a presidência da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, o deputado Paulo Corrêa (PSDB) acha difícil o deputado eleito Renan Contar (PSL) conseguir os apoios necessários para se candidatar à 1ª secretaria – o segundo cargo mais almejado da Casa de Leis.

Corrêa afirmou, ainda, que é provável que Zé Teixeira seja consolidado no cargo. “Eu acho que o nome do Zé na 1ª secretaria, pelo que tenho de documento, está consolidado em função de ter assinaturas”, disse o parlamentar, ressaltando que nada impede uma candidatura avulsa, como cogita Contar.

Contar, que faz parte do G-10, grupo de 10 parlamentares, em sua maioria novatos, desistiu de acordo feito com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), para apoiar a candidatura do atual 1º secretário, deputado Zé Teixeira (DEM). Agora, ameaça lançar candidatura ao cargo. A alegação, para voltar atrás, foi: “pressão de seguidores nas redes sociais”.

“É um direito [do Renan Contar, de se candidatar]. Para nós, o que interessa para entrar na chapa é uma pessoa trazer uma listinha assinada com 13 votos. Volto a dizer, o deputado Zé Teixeira tem 15 assinaturas no papel”, afirmou neste domingo (dia 27), durante abertura da Feira de Calçados, no Albano Franco, em Campo Grande.

Em reunião na quarta-feira (dia 23), também com o governador, na semana passada, o G-10 conseguiu garantir a indicação para três cargos: 2ª secretaria, 2ª e 3ª vice-presidência, em chapa liderada por Paulo Corrêa, além de apoio a José Teixeira como 1º secretário. O acordo previu que o grupo indicaria, na próxima terça-feira, 29, os nomes para compor a diretoria que vai administrar o Legislativo a partir de fevereiro.

De qualquer forma, os deputados que já formam a chapa vão se reunir com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), às 15 horas de quarta-feira (dia 30), na Governadoria. A intenção do encontro é definir os nomes que vão ocupar cada cargo.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions