A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 28 de Fevereiro de 2017

11/10/2014 09:20

Quando e como evitar uma reunião

Por Christian Barbosa (*)

Atualmente, é muito difícil encontrarmos uma empresa ou uma pessoa que não tenha problemas ou não reclame das reuniões em seu ambiente de trabalho. Aliás, para muitos é bem comum a seguinte cena: olhar o planejamento semana e ver que está abarrotado de reuniões todos os dias. Como consequência, o profissional vive sem tempo para realizar as tarefas diárias, acaba levando trabalho para casa, fica cansado, mais improdutivo e o ciclo de estresse só aumenta.

Não sou contra reuniões, mas sou totalmente favorável a restringi-las ao máximo. Precisamos desenvolver formas de evitá-las e perceber quando não é preciso realizá-las.

O primeiro indicador de que uma reunião deve ser cancelada é não haver, entre os presentes, alguém com poder de decisão. Se não for possível decidir alguma coisa nela, é melhor cancelar e usar esse tempo para outra atividade mais importante. Pessoas que comparecem apenas para discutir o sexo dos anjos estão jogando o tempo no lixo. Por isso, antes de confirmar uma reunião, pense nos seguintes pontos:

Existe outra forma de resolver a questão? - Antes de convocar a reunião, pense em alguma alternativa para resolver o assunto sem precisar juntar toda a equipe. Talvez delegar uma tarefa, enviar uma apresentação, fazer uma conferência via Skype etc.

Coversa individual - Em vez de realizar uma reunião, que pode demorar mais do que o previsto, será que uma conversa com um outro membro da equipe e depois um e-mail com a resolução não ajudaria? Pode parecer que se ganha tempo falando para cinco de uma só vez, mas isso não é o que acontece na prática.

Proponha uma solução - Que tal enviar uma possível solução para a pessoa que convocou a reunião e assim evitar todo o processo de discussão? Em muitos casos a solução já existe antes da reunião, só precisa ser comunicada.

Atualizações - O tempo das pessoas é muito importante e caro para ser gasto com reuniões feitas para simples atualização de informações. Eu já cheguei a presenciar uma reunião de 40 minutos e o objetivo era apenas mostrar e destacar a nova tabela de preços de um catálogo de produtos. Para a atualização de informações, experimente compartilhar documentos ou até mesmo gravar pequenos vídeos em seu computador e divulgar o link.

Chamar a atenção - A pior situação em que o líder pode colocar o seu subordinado é chamar a atenção ou relatar algum fato pessoal dele em plena reunião com diversos participantes. Esse tipo de situação é muito constrangedora e pode comprometer a credibilidade do líder em relação aos outros membros da equipe. Se for par fazer algum tipo de repreensão, é melhor chamar a pessoa para uma conversa a sós, de preferência com as portas fechadas, e não publicamente.

Facilite a sua decisão de dizer não - Pode ser difícil no começo, mas depois que você pega a prática ajuda bastante. Defina critérios para aceitar convites de reuniões. Avalie se você se encaixa no perfil daquilo que estão te propondo, se você não se encaixar o 'não' será automático. Além disso, ao aceitar um convite, tente priorizar o primeiro encontro via Skype em vez de presencial.

(*) Christian Barbosa, maior especialista no Brasil em administração de tempo e produtividade, é CEO da Triad PS, empresa multinacional especializada em programas e consultoria na área de produtividade, colaboração e administração do tempo. Ministra treinamentos e palestras para as maiores empresas do país e da Fortune 100. Autor dos livros "A Tríade do Tempo"; "Você, Dona do Seu Tempo"; "Estou em Reunião"; co-autor do "Mais Tempo, Mais Dinheiro"; e "Equilíbrio e resultado – Por que as pessoas não fazem o que deveriam fazer?". Sua mais nova obra: "60 Estratégias práticas para ganhar mais tempo".
www.triadps.com.br e www.maistempo.com.br

 

Muito, pouco
No dia 3 de maio de 2016, foi promulgado o Decreto nº 8.737, que institui o Programa de Prorrogação da Licença-Paternidade para os servidores público...
A bolha da saúde brasileira está prestes a explodir
A crise econômica e o crescente índice de desemprego da população brasileira refletiram diretamente no setor da saúde. Recente estudo revelou que mai...
Marchinhas do coração
Sei que existem as marchinhas preferidas do coração. São as do passado ou do presente, mas não é delas que quero falar, e, sim, do sofrido coração br...
Reforma da Previdência: aprofundando o deserto na vida dos trabalhadores
O cinema enquanto “sétima arte” muitas vezes busca retratar realidades cotidianas na telona. Não foi diferente o filme “Eu, Daniel Blake”, ganhador d...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions