A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

29/09/2013 11:50

Família acorda em meio ao fogo que destruiu parte de casa na Vila Anache

Ângela Kempfer e Graziela Rezende
Severino no quarto destruído pelo fogo. (Fotos: Cleber Gellio)Severino no quarto destruído pelo fogo. (Fotos: Cleber Gellio)

Uma família do Jardim Anache acordou no meio do fogo na manhã deste domingo, em Campo Grande. As chamas destruíram o quarto onde o casal e os 3 filhos dormiam, na rua Codorna. Segundo avaliação preliminar do Corpo de Bombeiros, a causa foi um curto circuito.

Nervosos ainda pelo que aconteceu, Franciele Fernandez e o marido Severino Pereira lembram emocionados dos momentos de desespero. “Acordei me sentindo sufocada e com meus pés esquentando. Quando vi, comecei a gritar. Só deu tempo de pegar crianças”, comenta a mãe de 19 anos.

Franciele e um dos filhos, ainda com os sinais da fumaça pelo corpo. Franciele e um dos filhos, ainda com os sinais da fumaça pelo corpo.

O fogo provavelmente começou na fiação exposta na parede, ao lado da cama, onde dormiam o casal e os dois filhos menores, de 1,3 ano e o outro de 3 meses. Logo as chamas atingiram a prateleira cheia de brinquedos.

O filho mais velho, de 2,5, também estava no quarto, deitado em outra cama. “Ele tentava escalar a parede para escapar”, conta a mãe chorando.

O marido acordou com o desespero da mulher, retirou as crianças do quarto e tentou apagar o fogo sozinho. “Amarrei uma toalha molhada no corpo e comecei a jogar água com uma caneca”, diz. Os vizinhos perceberam o incêndio e ajudaram a conter o fogo.

O calor acabou rachando paredes do imóvel que tem 3 cômodos e é alugado. “Perdemos tudo, mas graças a Deus ninguém se feriu”, comenta o pai, de 30 anos.

Segundo a sogra de Severino, Jesuína Fernandes, a semana não foi de sorte para a família da filha. “Na sexta-feira eles estavam comemorando que iam receber o PIS, mas o cartão dele (Severino) sumiu. Alguém sacou o benefício”, garante.

Para piorar a situação, ontem o auxiliar de pedreiro fez um trabalho extra e recebeu R$ 130,00 pelo serviço, mas deixou o dinheiro no quarto e hoje a imagem era de notas de R$ 20,00 queimadas pelo fogo.

Para os interessados em ajudar a família de Severino, os telefones de contato são 9165 9032, 9157 64 98 ou 3354 5612.

Durante discussão, adolescente de 17 anos é esfaqueado pelo amigo
Um jovem de 17 anos foi levado em estado grave para a Santa Casa após ser esfaqueado na noite deste sábado, na frente da casa em que mora no Bairro G...
Após furtar obra, ladrão é capturado por moradores e ferido a tiros
Marcio Estacio Duarte Teixeira, de 31 anos, foi socorrido a Santa Casa de Campo Grande após ser atingido por dois tiros na madrugada deste domingo (1...


muito triste, mas tenho certeza que nós campo-grandenses não iremos desamparar esta família, Deus é maravilhoso em preservar suas vidas , já comecei uma campanha tb para ajudar, se alguém tiver algo para doar e não tiver como entregar entre em contato comigo a mãe das crianças falou que precisam de roupas e fraldas com urgência, claro que móveis tb.. enfim um pouco de cada um será o muito que eles precisam. meu cel 9136-9110.. Lina Deus abençoe quem estender a mão..
 
JOVELINA BASTOS MAFFEI em 29/09/2013 22:22:31
Nessa hora que todos nós, solidários à esta família devemos ajudar no recomeço da vida deles.
Srs: PREFEITO, VEREADORES E ASSISTÊNCIA SOCIAL visto que vocês tem bastante trabalho na segunda-feira, logo pela manhã...
 
Luciano Silgueiros em 29/09/2013 19:16:39
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions