A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

21/07/2011 16:54

Incêndio destroi dois hectares de vegetação da fazenda da Embrapa

Nadyenka Castro e Viviane Oliveira

Dano só não foi maior porque choveu

Militares combatem focos de incêndio na fazenda da Embrapa. (Foto: Simão Nogueira)Militares combatem focos de incêndio na fazenda da Embrapa. (Foto: Simão Nogueira)
Chamas destruíram dois hectares de vegetação. (Foto: Simão Nogueira)Chamas destruíram dois hectares de vegetação. (Foto: Simão Nogueira)

Incêndio na tarde desta quinta-feira destruiu dois hectares de vegetação da fazenda da Embrapa, que fica no distrito de Indubrasil, próxima à BR-262, em Campo Grande.

O dano só não foi maior porque choveu e bombeiros que estavam no local, em instrução, com ajuda de dois funcionários, utilizaram galhos de árvores e enchadas, e conseguiram controlar as chamas. De longe era possível sentir o cheiro do incêndio.

De acordo com os militares, o fogo se alastrou rapidamente e foi preciso agir também rápido. A pouca chuva que caiu no local ajudou no controle do incêndio.

Dez bombeiros foram para o local em viaturas carregadas com água, totalizando 31,5 mil litros, e mais duas bombas com 30 litros cada.

No entanto, quando estes militares lá chegaram, o fogo já estava controlado e eles fizeram o trabalho de rescaldo, apagando pequenos focos e evitando outros. Segundo o Corpo de Bombeiros, as chamas se alastraram rapidamente devido ao tempo seco.

Conforme os militares, em situações de incêndio em vegetação é difícil saber a causa, podendo ser desde uma bituca de cigarro até fundos de garrafa de vidros e vidros lascados, que entram em combustão espontânea. Pode causar fogo também a combinação do orvalho da noite com o sol quente.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions