A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Janeiro de 2019

02/04/2017 21:05

Garota se mata em abrigo e familiares acusam funcionários por negligência

Adriano Fernandes
Familiares da adolescente após a morte da garota. (Foto: Porã News) Familiares da adolescente após a morte da garota. (Foto: Porã News)

A Polícia Civil de Ponta Porã vai investigar o suicídio da adolescente Aline Francieli Moreira Vidar, 15 anos, em um abrigo municipal da cidade por volta das 14h deste domingo (02).

A jovem se enforcou com um lençol preso ao ventilador de teto, mas familiares contestaram a versão dada pelos responsáveis do abrigo municipal após supostamente receberem mensagens de dentro da unidade, dizendo que a jovem não teria se suicidado por vontade própria.

Coforme o Porã News, os familiares disseram que a vitima tinha brigado com um guarda do abrigo e acusam a unidade por negligência no cuidado da adolescente.

Aline se encontrava no abrigo após os pais perderem a sua guarda, por ela ter supostamente sofrido vários maltratados na residência da família. A jovem sofria de depressão e teria escrito uma carta de despedida e pedindo que o corpo não fosse entregue a família.

Os familiares, por sua vez, afirmam que a carta não teria sido escrita pela garota que nas ultimas semanas teria dito estar feliz por saber que os pais lutavam na justiça para recuperar sua guarda.

Por contas das duvidas levantadas pela família o setor de investigações da policia civil na cidade, vai investigar se a morte estaria ligada a negligência por parte da administração do abrigo.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions