ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, TERÇA  09    CAMPO GRANDE 12º

Interior

Reinaldo lança e entrega R$ 83 milhões em obras em duas cidades

São R$ 18 milhões em Douradina e R$ 65 milhões em Itaporã, incluindo asfalto da MS-162

Por Helio de Freitas, de Dourados | 31/08/2021 14:55
Reinaldo Azambuja durante lançamento de obras em Itaporã. (Foto: Chico Ribeiro)
Reinaldo Azambuja durante lançamento de obras em Itaporã. (Foto: Chico Ribeiro)

O governador Reinaldo Azambuja foi nesta terça-feira (31), aos municípios de Douradina e Itaporã, na Grande Dourados, onde lançou e entregou obras somando R$ 83 milhões de investimentos. Entre os projetos em andamento está a pavimentação de 25 km da MS-162, entre o entroncamento com a BR-267 até a Placa do Abadio (MS-270).

Em Douradina, a 196 km da Capital, ele entregou o asfalto no distrito de Cruzaltina (investimento de R$ 519,6 mil) e autorizou a licitação da obra de urbanização do poço tubular profundo e instalação do novo reservatório do distrito (R$ 300 mil).

O governador também autorizou a licitação para asfalto da MS-379, no trecho entre o entroncamento com a BR-163 e o núcleo urbano do distrito de Bocajá, no valor de R$ 11,5 milhões.

Reinaldo ainda assinou o protocolo de Intenções para apoio financeiro à compra de área para instalação do Polo Industrial de Douradina, por meio do Pró-Desenvolve (Fundo Estadual Pró-Desenvolvimento Econômico), no valor aproximado de R$ 3,2 milhões.

Ele encerrou a agenda no município com a entrega da construção da ponte de concreto armado sobre o Córrego Laranja Doce, na Estrada Barro Preto, limite dos municípios de Douradina e Dourados. O Governo investiu R$ 2,4 milhões na obra.

“A nossa parte fizemos, agora, é com vocês. Negociar, comprar, desapropriar, a decisão é local, mas o polo industrial é muito importante para atrair oportunidade de renda e de emprego. O importante é todas as cidades crescerem juntas”, afirmou Reinaldo Azambuja, ao lado do prefeito Jean Sergio Clavisso Fogaça (PSDB).

Ao falar dos investimentos em saneamento, o governador disse que a meta é erradicar as fossas sépticas em Mato Grosso do Sul. “Mato Grosso do Sul tem hoje o maior programa de esgotamento sanitário de Mato Grosso do Sul. Nós vamos exterminar a fossa em MS com coleta e tratamento de esgoto”.

Estação de Tratamento de Esgoto entregue hoje pelo governador em Itaporã. (Foto: Chico Ribeiro)
Estação de Tratamento de Esgoto entregue hoje pelo governador em Itaporã. (Foto: Chico Ribeiro)

Itaporã ­– Logo em seguida, Reinaldo, secretários e deputados que o acompanharam foram até Itaporã, cidade vizinha de Douradina e a 227 km de Campo Grande. No município, o volume de obras e serviços feitos pelo Estado é ainda maior e soma R$ 65 milhões.

Na cidade, ele entregou ETE (Estação de Tratamento de Esgoto), estação elevatória, rede coletora de esgoto e 92 ligações domiciliares de esgoto somando R$ 4,2 milhões em recursos federais e estaduais.

O maior volume de recursos (R$ 52,1 milhões) será destinado para asfaltar 25 km da MS-262, ligando a BR-267 à Placa do Abadio. Reinaldo autorizou a licitação da obra, que vai facilitar o acesso entre os municípios de Itaporã, Dourados e Maracaju.

O governador autorizou também a contratação da obra de restauração do asfalto e drenagem de 11,4 km rodovia MS-157, entre a BR-267 e a Gleba Santa Terezinha, no valor de R$ 7,5 milhões.

Recepcionado pelo prefeito Marcos Pacco (PSDB), Reinaldo falou dos investimentos e mais uma vez fez apelo à população para se vacinar contra a covid-19.

“Hoje, peguei o relatório dos óbitos. Já perdemos 9.268 vidas em Mato Grosso do Sul. Todo mundo perdeu um amigo, um parente, uma pessoa próxima. Mas 82% dos óbitos que estão ocorrendo agora, são de pessoas que não tomaram, nenhuma dose”, afirmou.

Ele anunciou ao prefeito que, em breve, o Estado vai retomar as cirurgias e eletivas e exames através da Caravana da Saúde, paralisada por causa da pandemia. “Vamos investir R$ 100 milhões para realizar todas essas cirurgias que estão na fila".

Nos siga no Google Notícias