28/01/2012 03:35

Carteiros pelo desenvolvimento do Brasil

Wagner Pinheiro de Oliveira *

No momento em que os Correios passam pela maior transformação de sua história, modernizando-se para enfrentar os desafios dos novos tempos, os 60 mil carteiros e carteiras do Brasil, que representam quase metade do efetivo da empresa, têm papel relevante na construção desta nova fase. Estes trabalhadores compõem um elo de uma corrente que tem a missão de, a cada dia, atender com mais eficiência e maior qualidade a população.

Em 25 de janeiro comemoramos o Dia do Carteiro, data que remonta ao período Brasil Colônia, em 1663, quando foi instituído o Correio-Mor. Ao longo desta rica história, um carteiro notabilizou-se: Paulo Bregaro, que levou para Dom Pedro I as notícias de Portugal que ensejaram a Independência do Brasil.

De lá para cá, milhares de carteiros, de uma forma ou de outra, já passaram por nossas vidas. Um bilhete de amor enviado, uma carta recebida de um parente distante, um brinquedo para nossos filhos, uma encomenda da empresa, um remédio necessário, a carta anunciando o benefício da aposentadoria ou simplesmente um cartão de Natal. Não importa o tamanho nem o conteúdo, por trás de 35 milhões de objetos entregues todos os dias, estão homens e mulheres que fazem dos Correios uma das instituições mais admiradas e respeitadas pela sociedade.

O governo da presidenta Dilma está empenhado em transformar os Correios em uma empresa de classe mundial, mais forte e moderna, ajustada ao nível de desenvolvimento do Brasil. Para isto, contratamos cinco mil novos carteiros do último concurso realizado em 2011, adquirimos seis mil veículos, entre motocicletas, furgões e caminhões, e quase duas mil empilhadeiras e paleteiras, incrementando as áreas de pessoal e de operações, sempre com foco no cliente.

Neste mês, mais do que cumprimentar os carteiros pelo seu dia, queremos compartilhar com todos os brasileiros o novo momento pelo qual os Correios estão passando, em prol de um País com mais inclusão, menos desigualdades e acima de tudo comprometido com um serviço público de excelência à população brasileira.

*Wagner Pinheiro de Oliveira é presidente dos Correios

Promover a fluência digital é imprescindível
Um escritor espanhol do século XVIII dizia que, se rei fosse, determinaria às escolas não mais disciplinas de oratória, e sim de “escutatória”. Paraf...
Envelhecimento da população desenha uma nova geopolítica e explica os conflitos
A guerra comercial entre Estados Unidos e China, os conflitos nas ruas do Chile, a desigualdade social crescente em quase todo o planeta, o fluxo mig...
Mais uma do Doutor Esacheu
A Santa Casa de Campo Grande inaugurou no dia 8 deste mês as novas instalações da Unidade de Oncologia, que leva o nome de Elisbério de Souza Barbosa...
Ou a classe politica no Brasil se recicla ou entra em colapso
O Brasil possui cerca de 210 milhões de habitantes, destes uma média de 150 milhões são eleitores aptos a votarem, em seus representantes nas esferas...
imagem transparente