18/02/2019 14:00

Honestidade é para todos. Pena que poucos a tem

Por Ogg Ibrahim (*)

Honestidade é uma das qualidades, na minha opinião, que mais definem as pessoas. Acredito que sendo, pelo menos, honestas as pessoas estão bem acima da média do caráter humano. Podem até ter outros defeitos como arrogância, prepotência, egoísmo, mas se tem honestidade podem ser sinceras, transparentes e objetivas. Se bem que conheci pessoas altamente honestas que pouco ou quase nada tem desses defeitos.

A honestidade é uma das qualidades que se sobrepõe a várias outras, permitindo que a convivência com estas pessoas seja muito mais agradável. O ser humano quando é honesto, o é em suas atitudes e sentimentos. Quem é honesto não mente, não engana, não quer levar vantagem, admite suas fraquezas, perdoa mais facilmente e, invariavelmente, tende a ajudar mais as pessoas.

Os exemplos contrários estão por todos os lados, a começar pelas maiores instâncias do nosso país – nossos políticos e o governo. Diariamente, quem está no poder, dá mostras de que honestidade é uma característica pra se jogar no lixo. Roubam, pilham, mentem, desprezam, coagem, chantageiam e oprimem a quem quer que seja, na ânsia de realizar seus nefastos projetos.

O que sobra dessa lição para a população? Que se pode fazer a mesma coisa, cabendo à consciência de cada um adotar o que é certo ou o que é errado. E o que é mais lamentável é que o errado tem imperado. As pessoas se tornaram corruptíveis, a competição humana joga uns contras os outros numa guerra ideológica que coloca ricos contra pobres, brancos contra negros, direita contra esquerda, tudo semeado por uma ignorância que dá medo.

Mas atitudes honestas podem estar em atos simples, que não exigem nenhum esforço. Como alertar para uma conta de restaurante que veio com valor a menor do que você realmente consumiu, devolver o troco que veio a mais, tentar encontrar o dono de algum objeto encontrado por aí, não se apropriar de bens ou ideias que não são suas ou não supervalorizar suas qualidades e feitos. Ter palavra é outro reflexo da honestidade. Para mim, por exemplo, é como uma oração e quebrá-la é como romper a relação com Deus. Pior é quando isso vem de quem mais “garganteia” que a tem.

Uma coisa que aprendi na minha vida inteira é que honestidade pode até não te levar longe rapidamente, mas vai te levar pro lugar certo. O lugar de quem apenas quer o bem, a justiça, a solidariedade, quer uma humanidade mais correta. E qualquer atitude digna nos dá uma sensação de bem estar tão grande que é impossível não desejá-la sempre. Já dizia Nelson Mandela: “A prioridade é sermos honestos. Nunca poderemos ter um impacto na sociedade se não nos mudarmos primeiro. Os grandes pacificados são todos de grande integridade e honestidade, mas de humildade também.”

Honestidade é para poucos, muito poucos. É para quem ainda acredita que há uma saída, há uma solução, há conserto pra tudo de errado que tem aparecido por aí e não se acovarda diante das adversidades. Honestidade não se compra e não tem preço, mas você pode adquiri-la gratuitamente se for digno de usá-la bem.

A vantagem de sermos honestos nos dias de hoje é que a concorrência é pequena. E o melhor é fazer o certo mesmo que ninguém esteja olhando. Essa é a essência!

(*) Ogg Ibrahim é jornalista, radialista e palestrante.

Setor imobiliário: qual o impacto da nova linha de crédito da Caixa?
O financiamento da casa própria sofreu importantes reajustes nos últimos dias com o anúncio da Caixa para uma nova modalidade de crédito imobiliário....
5 impasses na jornada de inovação
Nos últimos anos, o ecossistema do empreendedorismo vivenciou um processo de evolução e maturação devido à Transformação Digital. Neste cenário, nota...
Transformação digital no âmbito da transformação tecnológica
A transformação tecnológica é um dos responsáveis pela construção de novos negócios, ou mesmo, da disrupção de mercados no âmbito da transformação di...
Como desenvolver disciplina financeira
Disciplina financeira é uma qualidade importantíssima para a garantia de execução do planejamento financeiro. Afinal, não adianta criarmos um planeja...
imagem transparente